segunda-feira, 25 de fevereiro de 2008

O Arrebatamento será secreto?

Há algo de secreto em relação à Segunda Vinda de Cristo?


(Autor: José Ildo Swartele de Mello)

Não há base bíblica para qualquer idéia de que quando Jesus vier haja dúvidas sobre quem ele é ou sobre se ele realmente veio. A Segunda Vinda de Cristo e o conseqüente arrebatamento da Igreja nunca são descritos como sendo secretos ou silenciosos, mas sempre se apresentam como:

 Um evento retumbante:

  • “grande clangor de trombeta” (Mt 24.31; 1 Ts 4.16,17); 
  • “assim como o relâmpago” (Mt 24.27); 
  • "bramido do mar e das ondas; haverá homens que desmaiarão de terror... pois os poderes dos céus serão abalados" (Lc 22.25-28)
  • “Virá, entretanto, como ladrão, o dia do Senhor, no qual os céus passarão com estrepitoso estrondo e os elementos se desfarão abrasados” (2 Pe 3.10; ver também v.12); 

Um evento visível: 

  • “assim virá do modo como o vistes subir” (At 1.11); 
  • “aparecerá no céu o sinal do Filho do Homem” (Mt 24.30); 
  • “Eis que vem com as nuvens, e todo olho o verá, até quantos o traspassaram. E todas as tribos da terra se lamentarão sobre ele.” (Ap 1.7; ver também 19.11-21; Mt 26.64; Mc 14.62 e Dn 7.13) ; “pela manifestação de sua vinda” (2Ts 2.8); 
  • “Haverá sinais no sol, na lua e nas estrelas... bramido do mar e das ondas; haverá homens que desmaiarão de terror... pois os poderes dos céus serão abalados. Então se verá o Filho do homem vindo numa nuvem, com poder e grande glória. Ora, ao começarem estas coisas a suceder, exultai e erguei as vossas cabeças; porque a vossa redenção se aproxima.” (Lc 22.25-28; ver também Mc 8.38); 
  • “aparecerá segunda vez” (Hb 9.28); 
  • “Virá, entretanto, como ladrão, o dia do Senhor, no qual os céus passarão com estrepitoso estrondo e os elementos se desfarão abrasados” (2 Pe 3.10; ver também v.12); 
  • Paulo diz que nós os cristãos não estamos aguardando um evento secreto não visto pelo mundo, pois o que nós aguardando é  “a manifestação da glória do nosso grande Deus e Salvador Jesus Cristo” (Tt 2.12; ver também Cl 3.4 e 1 Pe 5.4; 1 Jo 3.2; Mt 16.27; 25.31; 1 Co 4.5; 1 Tm 4.1; Jd 14,15; 1 Co 1.7; 2Ts 1.7,8). 






Arrebatamento

56 comentários:

  1. Bispo, boa tarde!
    o que o texto de Lc 17:34 tem a ver com o arrebatamento? Não lhe parece que a 2a vinda de Jesus está narrada de 2 formas? a saber uma secreta e outra visível e estrondosa?
    grata
    Ana Paula

    ResponderExcluir
  2. Prezada Ana Paula,

    Lc 17.34 tem a ver com o arrebatamento. Mas o arrebatamento nunca é ensinado como um evento distinto da Segunda Vinda visível de Cristo. Notar o contexto que claramente ensina que a Segunda Vinda será visível: "Pois como um relâmpago brilha de um lado a outro do céu..." (Lc 17.24) e o verso 30 fala sobre este dia como "o dia em que o Filho do Homem for revelado". É o que podemos constatar também em Mt 24.29-31, onde aprendemos com Jesus que sua vinda será após a Grande Tribulação, será visível e que neste mesmo dia se dará também o arrebatamento da Igreja.

    Espero ter respondido sua pergunta.

    No amor do Senhor,

    Bispo Ildo Mello

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. nao sei onde e com quem voces estao apredendo tanto besteira. o arrebatemento da igreja sera ante da grande tribulação 1° vinda de cristo e secreto so os salvos ouviram as trombetas 1 ts 4.15-17 e mt 24.27.
      ja na segunda vinda sera visivel mt 24.30-31 e vai fazer o julgamento das nações mt 25.31-33. prender satanas por mil anos e começara o milinio.
      basta le um pouco mais e nao falara bisteira.
      Divino Azevedo.
      historiodor e professor da escola biblica dominical.

      Excluir
    2. Caro Divino,

      Vc é um belo poço de ignorância. Primeiramente estude um pouco a Língua Portuguesa, e também a Bíblia.
      E ainda se intitula historiador e professor de EBD. Tenho
      pena dos seus alunos.
      Abraços.
      Sergio

      Excluir
  3. olá!estou no japão e queria colocar a minha visão sobre o arrebatamento também!em EF 5:22-32,paulo faz uma alegoria!CRISTO O MARIDO E A MULHER A IGREJA!e diz no verso 32 que,era "GRANDE"esse misrério!mas ele nos deixa um ensino para o casamento!vou passar de maneira resumida a minha visão sobre isso ok!DEUS fez o "homem a sua imagem e semelhança mulher e homem os criou!depois que paulo faz a comparaçao entre o marido ea mulher CRISTO E A IGREJA,paulo cita um verso de Genesis 2 :porisso deixara o homem seu pai e sua mãe,e se unirá a sua mulher,e serão dois numa só carne!eu quando me uni a minha mulher,deixei pai e mãe,e me tornei uma só carne com ela certo?de modo que,nós ja não somos dois e sim um!PORISSO DEIXARA O "HOMEM"(eu e minha mulher)SEU PAI E SUA MÃE,E SE UNIRÁ A "SUA MULHER"quem é a mulher?a(IGREJA)!o que é a IGREJA?corpo de CRISTO!JESUS veio ao mundo morrer por nossos pecados commo homem e,foi o "filho do homem certo?"PORISSO DEIXARA O HOMEM SEU PAI!JESUS foi gerado pelo ESPÍRITO SANTO e,nascido por maria certo?"e para quem JESUS entrega a sua mãe na cruz??"PORISSO DEIXARA O HOMEM SUA MÃE"e por quem que a palavra diz que,JESUS amou e se entregou??(A IGREJA)EF 5:25 V.31"PORISSO DEIXARA O HOMEM(JESUS)SEU "PAI"E A SUA MÃE(MARIA)E SE UNIRA A SUA (IGREJA)MULHER,E SERÃO DOIS NUMA SÓ CARNE!quem ama e alimenta a sua própria carne??EF 5:29!quem nos livrara do corpo dessa morte?CRISTO nos libertou para sermos membros do seu próprio corpo!ele é a cabeça da mulher (Igreja)e salvador do corpo!ja fomos arrebatados!por que somos um só ESPÌRITO com ELE !CO 6 :17!se o noivo tardar,não iremos espancar os servos e nos por a comer e beber certo?se o noivo vier antes da tribulaçao,(graças a DEUS!)se ele vier no meio,graças a DEUS!mas se o noivo tardar e nos adormecermos,com um grito nós acordaremos"EIS QUE VEM O NOIVOOO"só não podemos sair para comprar o azeite a meia-noite!que DEUS abençoe e nos fortaleça na fé esperança e no "AMOR"para esperarmos o noivo!com certeza ELE vai apresentar para si mesma uma Igreja "nova"(sem ruga)por que as coisas velhas se passaram! e sem mácula sem defeito!

    ResponderExcluir
  4. a paz do SENHOR!postei meu ultimo comentário sobre o arrebatamento mas,não deixei a minha opinião ne?coloquei somente uma visão minha dizendo de um modo espiritual que,nós os que cremos ja fomos todos arrebetados!estou em completa concordância com o pastor JOSÉ ILDO SWARTELE DE MELO!todo estudo sobre escatologia,não podemos deixar o maior mestre de escatologia de lado,que é JESUS!em MT 24,a sequencia que JESUS ven narrando os acontecimentos estão quase em ordem cronolôlica!o lugar geográfico que JESUS está é também o lugar do cumprimento das u´ltimas coisas!no centro do coração da profecías!"NO MONTE DAS OLIVEIRAS"leia zacarias 14 e depois EZEQUIEL 38 e 39(isso tabém é escatológico)"ALIAS"EZ 37 restauraçao dos judeus em sua terra "1948" e a união das duas casas,EZ 38 e 39 a batalha futura!EZ 38 e 39 narra as mesmas coisas que ZC 14 compare!EZ36,37,38,39 são acontecimentos cronológicos e so capítulos de 40 a 48,vem em pouquinho antes da guerra de EZ 37 e 38!JESUS diz que,depois das tribulações daqueles dias,é que ele virá e JESUS narra como será o arrebartamento também!os seus "escolhidos"mais uma coisa eu queria dizer,em Apocalipse 1:3 diz;bem aventurado os que "lêem",os que "ouvem'e os que "GUARDAM"as coisas escritas neste livro por que o tempo está próximo"se eu vou ser arrebatado antes,por que vou guardar aquelas coisas?pór que tantas pessoas gastam tempo estudando um livro escrito para os que vão ficarem?se a igreja sobe antes,esta livre de observar apocalipse ué!se a igreja é arrebatada antes,graças a DEUS porisso!mas, se é depois,por que vou prestar atençao na narraçao de apocalpse que narra "detalhes" da grande tribulaçao?e tudo aquilo.é "revelaçao de JESUS para os seus servos"lógico que muitas coisas escritas lá,ja aconteceram ne!melhor é pensar que é depois do que pensar que é antes ou no meio não é verdade?se você tem certeza que é antes,e derrepente se manifesta o filho da perdiçao que Paulo diz,o que você pensará?então segundo tessalônisseces é uma epistola escrita para os que ficarem??por lá diz como vai ser o aparecimento do ante cristo uè!que me importa saber como ele vai se manifestar se eu não vou velo?e se chega no "MEIO"e a Igreja ainda está aqui?os que tinham toda a certeza que subiria antes,estaram ainda fundados na fé?uma vez que,Pedro diz que nos últimos dias se levantariam falsos menstres escarnecedores dizendo:CADE A PROMESSA DA VINDA DELE???ou seja ,aquele que não estiver orando e vigiando,quando o noivo vir,seja antes ou no meio ou se tardar o noivo,ficaram!o dia e a hora ninguem saba!!mas o tempo nós sabemos porque os ramos da figueira se tornaram novos e as folhas brotaram!então estamos perto as portas!JESUS disse que muitos"OUVIRIAM FALAR" de guerras,mas não era o fim!era apenas o prinípio das dores!mas na parabola da figruira,JESUS disse:quando vocês (presta atençao nesta palavra chave)"VIREM"todas essas coisas acontecerem,sabei que esta "ELE"está perto as portas!quem é a figuira?e os ramos que "foram quebrados"??QUAL É A GERAÇAO QUE ESTÁ VENDO TUDO? E ISRAEL É A FIGUIRA! israel está em guerra né??leia AMOS 1:6,7 e ve o que diz as escrituras contra GAZA!irmãos não acreditem em tudo o que se ve nos jornais,quando disserem que Israel é culpado por essa guerra!acreditem no palavra de DEUS que diz:JERUSALEM SERÁ UM CÁLICE DE TONTEAR PARA TODAS AS NAÇÕES ZACARIS 12 EN DIANTE...LEIA ATÉ O 14"deus ABENÇÔE PELO ESPAÇO QEU TIVE!ESPERAMOS O NOSSO NOIVO AINDA QUE ELE TARDAR PARA NÓS!por que ele disse:CERTAMENTE,CEDO VENHO AP 22:20 AMEM!

    ResponderExcluir
  5. Carlos Alberto S. Santos4 de agosto de 2009 10:20

    Lamento,prezado Bispo que entenda de forma tão absurda o que Paulo afirma em lTs 4.13- Onde relata o arrebatamento dos salvos em Cristo e a forte e irrefutável verdade: "encontraremos o Senhor nos áres e assim esteremos p/ sempre com o Senhor". Qundo lemos num momento no abrir e fechar de olhos, fala da rapidez e não de lentidão para que todos possam ver. Portanto,é impossível assemelhar sua vinda para implantação do milênio com sua vinda p/ buscar a igreja, pois as bodas do Cordeiro será no céu e não na terra. O tribunal de Cristo será no céu e não na terra. A bíblia não fala de tribunal no milênio e sim justiça e paz entre os homens. "venha o teu reino" se as bodas não for no céu e o tribunal para entrega dos galardões não for também no céu, vai ser na grande tribulação? Ou após o milênio no juízo fianl? Não existe na bíblia registro de que que haverá arrebatamento após a grande triblação. Pois Jesus vem para implantar o milênio e não buscar um povo Ap. 1.7
    Um forete abraço!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    2. CARLOS ALBERTO, Você está lendo em japonês as Santas escrituras? Quantas vezes Jesus Cristo ou o Apóstolo Paulo falou em 'Vinda de Cristo" por etapas? A Bíblia por si mesma confirma todas as palavras ditas por Ela e que estão escritas fielmente neste abençoado Site do amado Bispo José Ildo Swartele de Mello. Meu irmão Carlos, os que defendem seu ponto de vista, infelizmente baseiam-se em meros "achismos". Nada embasado pelas Santas Escrituras.Ore ao Deus Eterno e continue procurando a Verdade. Jesus Cristo é a Verdade.

      Excluir
  6. Nas Espístolas aos Tessalonicenses, Paulo está ensinando sobre a Segunda Vinda de Cristo de modo semelhante a descrição do próprio Jesus em Mt 24.29-31. Jesus deixa claro que o arrebatamento da igreja se dá "logo após a tribulação daqueles dias". Na ressurreição, num abrir e fechar de olhos, os corpos mortais serão revestidos de imortalidade, e subirão para encontrarem-se com o Senhor nas alturas e o acompanharão em sua descida gloriosa até a Terra. "Então se verá o Filho do Homem vindo sobre as nuvens com poder e Glória!", visivel como um relâmpago que sai do oriente e se mostra no ocidente!

    ResponderExcluir
  7. Bispo, Graça e Paz !

    Essa história de arrebatamento secreto é mais uma má interpretação daquilo que a bíblia diz. Em I Cor.15:51e 52 o apóstolo Paulo diz" Eis aqui vos digo um mistério: Na verdade, nem todos dormiremos, mas todos seremos transformados,num momento, num abrir e fechar de olhos, ante a última trombeta; porque a trombeta soará e os mortos ressuscitarão incorruptiveis e nós seremos transformados". Onde neste texto está dizendo que a vinda de Jesus é num piscar de olhos ? A transformação do corpo corruptivel em incorruptivel é que é num abrir e fechar de olhos. Apenas mais um erro de leitura dos cristãos. Concordo plenamente com que o irmão disse sobre a segunda vinda de Cristo. Jesus, segundo a Bíblia, virá e será glorificado nos seus Santos. Como será essa glorificação se ninguém vai vê? O problema é que se você crê assim terá que jogar no lixo um monte de livros e tradados escatológicos feitos pelos "figurões" da teologia, que se preocupam em aprender Grego e Hebraico e esquecem de esturdar Portugues. Eu prefiro e fico com o que a Bíblia diz.

    ResponderExcluir
  8. Olá Bispo!É o Dirley.A biblia fala sim de um arrebatamento secreto,em
    Mt24:40-44 e Lc17:34-37.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Dirley, ambos os textos mencionados por você se encontram no contexto da descrição da Segunda Vinda de Cristo que se manifestará ao mundo com poder e glória. Não há nada de secreto em ambas as descrições. Mt 24 relata que a Segunda Vinda é visível como um relâmpago e que vem acompanhada de abalos císmicos e celestiais, e claramente ensina que acontecerá após a Grande Tribulação (v.29) e que o arrebatamento se dará através dos anjos que serão enviados para recolher os escolhidos dos quatro cantos da terra (v. 31). Na sequência, nos versículos que você bem mencionou, 40-44, temos uma descrição mais detalhada deste arrebatamento, mostrando que apenas os salvos serão arrebatados. Devemos vigiar para estarmos preparados para este bendito dia. A Segunda Vinda de Cristo desencadeia o juízo com a separação das ovelhas dos bodes.

      Em Lucas 17, temos também uma descrição da Segunda Vinda de Cristo, apresentando-a como "o dia em que o Filho do homem será revelado" (v.30). Revelação é exatamente o oposto de segredo. Duas figuras de linguagem são citadas como exemplo do que se dará na Segunda Vinda. Será como nos dias de Noé e também como nos dias de Ló em Sodoma e Gomorra. Em ambos os eventos houve manifestação poderosa do juízo divino. Assim como houve separação entre os justos e os injustos nos dias de Noé e de Ló, assim também haverá separação entre salvos e perdidos no dia da Segunda Vinda de Cristo. A porta da Salvação será fechada e o juízo virá sobre os impenitentes. Apenas os salvos serão arrebatados para o Encontro com o Senhor, os demais experimentaram o castigo do juízo final. Não haverá salvação após o Arrebatamento. As virgens nécias não terão outra oportunidade. O juízo é chegado! Esta é a grande lição dos dos textos mencionados por você. Um grande abraço! Deus o abençoe mais e mais!

      Excluir
  9. olá,Bispo boa noite!
    o texto que o senhor retrata no seu comentário é importante, mas não coaduna com o que bíblia diz. Repare nesse comentário com humildade.

    O ARREBATAMENTO DA IGREJA

     1Ts 4.16,17 “Porque o mesmo Senhor descerá do céu com alarido, e com voz de arcanjo, e
    com a trombeta de Deus; e os que morreram em Cristo ressuscitarão primeiro; depois, nós, os
    que ficarmos vivos, seremos arrebatados juntamente com eles nas nuvens, a encontrar o
    Senhor nos ares, e assim estaremos sempre com o Senhor.”

    O termo “arrebatamento” deriva da palavra raptus em latim, que significa “arrebatado rapidamente e com força”. O termo latino raptus equivale
    a harpazo em grego, traduzido por “arrebatado” em 4.17. Esse evento, descrito aqui e em 1Co 15, refere-se à ocasião em que a igreja do
    Senhor será arrebatada da terra para encontrar-se com Ele nos ares. O arrebatamento abrange apenas os salvos em Cristo.
    (1) Instantes antes do arrebatamento, ao descer Cristo do céu para buscar a sua igreja, ocorrerá a ressurreição dos “que morreram em Cristo”
    (4.16). Não se trata da mesma ressurreição referida em Ap 20.4, a qual somente ocorrerá depois de Cristo voltar à terra, julgar os ímpios e
    prender Satanás (Ap 19.11—20.3). A ressurreição de Ap 20.4 tem a ver com os mártires da tribulação e possivelmente com os santos do AT
    (ver Ap 20.6 nota).
    (2) Ao mesmo tempo que ocorre a ressurreição dos mortos em Cristo, os crentes vivos serão transformados; seus corpos se revestirão de
    imortalidade (1Co 15.51,53). Isso acontecerá num instante, “num abrir e fechar de olhos” (1Co 15.52).
    (3) Tanto os crentes ressurretos como os que acabaram de ser transformados serão “arrebatados juntamente” (4.17) para encontrar-se com
    Cristo nos ares, ou seja: na atmosfera entre a terra e o céu.
    (4) Estarão literalmente unidos com Cristo (4.16,17), levados à casa do Pai, no céu (ver Jo 14.2,3 notas), e reunidos aos queridos que tinham
    morrido (4.13-18).
    (5) Estarão livres de todas as aflições (2Co 5.2,4; Fp 3.21), de toda perseguição e opressão (ver Ap 3.10 nota), de todo domínio do pecado e
    da morte (1Co 15.51-56); o arrebatamento os livra da “ira futura” (ver 1.10 nota; 5.9), ou seja: da grande tribulação.
    (6) A esperança de que nosso Salvador logo voltará para nos tirar do mundo, a fim de estarmos “sempre com o Senhor” (4.17), é a
    bem-aventurada esperança de todos os redimidos (Tt 2.13). É fonte principal de consolo para os crentes que sofrem (4.17,18; 5.10).
    (7) Paulo emprega o pronome “nós” em 4.17 por saber que a volta do Senhor poderia acontecer naquele período, e comunica aos
    tessalonicenses essa mesma esperança. A Bíblia insiste que anelemos e esperemos contínua e confiadamente a volta do nosso Senhor (cf. Rm
    13.11; 1Co 15.51,52; Ap 22.12,20).
    (8) Quem está na igreja mas não abandona o pecado e o mal, sendo assim infiel a Cristo, será deixado aqui, no arrebatamento (ver Mt 25.1
    nota; Lc 12.45 nota). Os tais ficarão neste mundo e farão parte da igreja apóstata (ver Ap 17.1 nota; ver o estudo O PERÍODO DO
    ANTICRISTO), sujeitos à ira de Deus.
    (9) Depois do arrebatamento, virá o Dia do Senhor, um tempo de sofrimento e ira sobre os ímpios (5.2-10; ver 5.2 nota). Seguir-se-á a
    segunda fase da vinda de Cristo, quando, então, Ele virá para julgar os ímpios e reinar sobre a terra (ver Mt 24.42,44 notas).

    FONTE: Bíblia de Estudo Pentecostal

    ResponderExcluir
  10. Jesus e os Apóstolos ensinaram que a Igreja será arrebatada, mas jamais ensinaram que o arrebatamento seria um evento secreto separado por sete anos da Segunda Vinda de Cristo sobre as nuvens do Céu com Grande Poder e Glória. A Bíblia não ensina nada a respeito de duas Segundas Vindas de Cristo e nem muito menos nada sobre Duas Ressurreições dos mortos em Cristo. Jesus foi muito claro ao ensinar que é no mesmo dia da Sua Segunda Vinda poderosa sobre as nuvens dos céus, é que se dará a ressurreição dos mortos e o consequente arrebatamento da Igreja, e tudo isto acontecerá depois do período da Grande Tribulação, quem tem ouvidos ouça o que o Espírito diz a Igreja: "E, logo depois da aflição daqueles dias, o sol escurecerá, e a lua não dará a sua luz, e as estrelas cairão do céu, e as potências dos céus serão abaladas. Então aparecerá no céu o sinal do Filho do homem; e todas as tribos da terra se lamentarão, e verão o Filho do homem, vindo sobre as nuvens do céu, com poder e grande glória. E ele enviará os seus anjos com rijo clamor de trombeta, os quais ajuntarão os seus escolhidos desde os quatro ventos, de uma à outra extremidade dos céus" (Mt 24.29-31).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amo ao Deus eterno porque me fala as mesmas palavras que leio neste Site abençoado e santo. Na Bíblia, nunca encontrei nenhum versículo sequer que me afirme categoricamente que: Jesus Cristo virá à crediário (por etapas); que haverá uma segunda oportunidade para os que não se curvaram ante a besta(segunda chance é palavra de Satanás);que o arrebatamento seja invisível. Amo o senhor Bispo Ildo Mello. Homem de Deus e Servo Fiel. O Senhor Jesus é contigo. Glórias eternas ao nosso Deus.

      Excluir
    2. Fico muito feliz em saber do seu apreço por meus estudos bíblicos. Deus o abençoe mais e mais no cumprimento de sua missão neste mundo.
      Um grande abraço!

      Excluir
  11. Pastor eu não sei porque não se fala sobre arrebatamento hoje nas igrejas e sim sobre prosperidade, mas como pensar em ter uma vida bem sucedida aqui na terra sendo q já está proximo do fim pois estamos caminhando ao movimento da nova ordem mundial desde 2008 as coisas andam estranhas nas igrejas e elas estão frias, não é só eu q acho isso, mas mtos na internet pensam assim, e tenho um medo terrivel ultmimante ... pois veja esse video que encontrei http://www.youtube.com/watch?v=NJ8Fsct9Cb8&feature=related
    falando sobre o Inferno e o Céu com pastores altamentes baseados na biblia

    graça e paz e me ajude pois voltei pra igreja mas não sinto como era antigamente...

    ResponderExcluir
  12. Infelizmente, observamos diminuir o interesse pela Segunda Vinda de Cristo. As pessoas estão se tornando cada dia mais materialistas, até os crentes parecem estar concentrando suas esperanças em Cristo em questões que dizem respeito a vida terrena (1 Co 15.19). Em Colossenses 3: 1, Paulos nos exorta, dizendo: "Portanto, se já ressuscitastes com Cristo, buscai as coisas que são de cima, onde Cristo está assentado à destra de Deus." Agora, isto não significa que devemos nos esquecer da vida aqui na Terra. Temos inúmeros exemplos nos Evangelhos sobre a preocupação de Cristo a respeito do bem-estar físico dos seres humanos. Temos também uma linda missão neste mundo! Contamos com a presença constante de Cristo, a plenitude do Espírito, para uma vida abundante de alegria, justiça, amor e paz para um bom testemunho do Salvador.

    ResponderExcluir
  13. Olá Pastor..
    Eu vi que o senhor acredita na teoria pós tribulacionista, em que o arrebatamento da Igreja se dará junto à Segunda Vinda de Cristo, mas eu não vejo razões para tal afirmação:
    Em Mt 24:27 diz: "Assim como o relâmpago sai do oriente e se mostra até o ocidente assim será também a Vinda do Filho do Homem." Tem coisas que muitas pessoas não perceberam nesse versículo. Nesse período, a igreja ainda não existia, e Jesus pregava para os judeus, então essa palavra dita em Mt 24:27 não é para a Igreja e sim, para os judeus.
    Em Mt 24:30 diz também: "Então aparecerá no céu o Sinal do Filho do Homem, e todas a stribos da terra se lamentarão..." nesse versículo se mostra claro que o arrebatamento de Israel será antes da tribulação, pois se a nação eleita (Israel) e a Igreja estiverem aqui na terra (supostamente na grande tribulação) porque eles se lamentariam em ver Cristo? Eles mais deveriam é se alegrar.
    E também, como a Igreja supostaria viver aqui na terra na grande tribulação? Já que o Espirito Santo não estará mais aqui. E outra coisa, porque a Igreja não é dita entre Ap 4 e Ap 18? Talvez porque a mesma ja tenha sido arrebatada.
    E outra coisa, tem um versículo que não me recordo qual era, mas diz que como o ladrão rouba e não avisa a ninguém quando virá, assim também será a Vinda de Cristo. Provando mais uma vez que Cristo arrebataria seu povo antes da tribulação, pense bem: A Bíblia mostra em Apocalipse que a grande tribulação duraria aproximadamente 7 anos, então no começo viriam o Anticristo e as bestas e depois viriam na metade dos 7 anos (3 anos e meio) dois profetas, que seriam mortos pelo Anticristo e 3 dias depois serão arrebatados, então a igreja sabendo disso, só contaria mais 3 anos e meio e assim, completando 7 anos. Então a igreja já poderia saber quando Jesus poderia voltar. Mas como a igreja pode saber dessa data sendo que a Bíblia diz que só Deus sabe o dia.

    Eu acredito no arrebatamento da IGREJA antes na tribulação, e Israel sim passaria pela tribulação, pois o propósito de Deus é tratar Israel antes de viver na terra santa. E então, depois dos 7 anos de tribulação, Cristo voltaria e reinaria na nova terra para todo o sempre. Amém.

    Grato. Victor Rodrigues

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vitor, com todo respeito, mas, você se baseia apenas nas suas próprias conjecturas. E não nas Santas Escrituras, como deveria.

      Excluir
  14. Carlos Alberto S. Santos

    O que você disse realmente é a mais pura verdade. Pastor, não acontecerá duas vindas de Cristo, somente uma após a grande tribulação, mas o arrebatamento será secreto, senão não estaria escrito em Lc 17:34 que dois estando na cama, um ficará e o outro será levado, deixando claro que a igreja será salva antes da tribulação.
    A vida da igreja aqui na terra se tornaria impossível sem o Espirito Santo, já que ele irá com o Pai antes da grande tribulação, e também deixando claro que, a Igreja de Cristo se firmou aqui na terra graças a Espirito Santo, então se ele sair, a igreja não poderia sobreviver.

    Grato.

    ResponderExcluir
  15. Olá Victor ou Carlos Alberto,

    Você faz bem em afirmar que só haverá uma Segunda Vinda, mas se complica quando diz que o Arrebatamento é secreto e o separa da Segunda Vinda, pois o Arrebatamento acontece na Segunda Vinda de Cristo. No dia glorioso da Segunda Vinda, o Senhor enviará seus anjos para recolher seus escolhidos de todas as extremidades da Terra. Dois estarão no campo e um será arrebatado! Não há nada de secreto nisto. Será um fenomeno grandioso!
    Mateus 24 registra um discurso de Jesus a sua comunidade de discipulos, que representam a Igreja, assim como a Ceia do Senhor também foi ministrada antes da morte de Jesus e também diz respeito a Igreja!
    Na oração sacerdotal registrada em João 17, Jesus ora pedindo que não sejamos retirados do mundo, mas que sejamos livres do mal. Jesus também falou em João 16, "no mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo, eu venci o mundo". A Igreja primitiva enfrentou tremenda tribulação nas mãos de anticristos como Nero e Domiciano, entre tantos outros. "Somos entregues a morte todo o dia e fomos reputados como ovelhas para o matadouro, mas em todas estas coisas somos mais do que vencedores por aquele que nos amou"(Rm 8).

    ResponderExcluir
  16. Entre o arrebatamento e a revelação publica de Jesus decorrerá um período de sete anos segundo as escrituras. E a semana de anos mencionada em Daniel 9.27 “E ele firmará aliança com muitos por uma semana; e na metade da semana fará cessar o sacrifício e a oblação; e sobre a asa das abominações virá o assolador, e isso até à consumação; e o que está determinado será derramado sobre o assolador.”
    Se não entendermos bem a profecia das setentas semanas, tampouco entederemos o sermão profetico de Mateus 24.e nem o livro de apacalipse, uma vez que ela abrange esses dois. Quase todo o livro de apocalipse (cap.6 a 22) é apenas uma aplicação da profecia preditiva das setenta semanas de Daniel. Podemos afirma que a Daniel, Deus deu uma visão geral dos eventos futuros relacionados com Israel, e a João, no apocalipse, deu os detalhes desses eventos.
    Antes de qualquer coisa é preciso ter em mente que essas semanas são diretamente ligadas a Israel (Dn 9.24) “Setenta semanas estão determinadas sobre o teu povo, e sobre a tua santa cidade...”

    Essas semanas estão dividadas em três grupos.

    O 1º grupo de semanas é 7 semanas ou 49 anos (Dn9.25) Esse período começaria com a expedição do decreto de recontrução de Jerusalem, o qual foi baixado em 445 a.C. por Artaxerxes Longímano, de acordo com as maiores autoridades no assunto. Neemias foi comissionado pelo rei para dar cumprimento a esse ato.

    O 2º grupo de semanas é 62 semanas ou 434 anos (Dn 9.25-26) Esse período surge o messias e é morto. A cidade de jerusalem é destruida e há guerra até o fim. De acordo com a profecia (v.26) o messias morreria antes da destruição de Jerusalém. No ano 70 d.c. a cidade foi destruida pelos romanos.

    O 3º grupo de semanas é o de 1 semana ou seja 7 anos (Dn 9.27) Essa semana é futura. Para ver isso é bastante comparar o versículo 27 com as palavras de Jesus no capitulo 24 e versos 15 “Quando, pois, virdes que a abominação da desolação, de que falou o profeta Daniel, está no lugar santo; quem lê, atenda;”

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Melk, Para que nós, os "não judeus" entendêssemos as Escrituras advindas pelos judeus; recheadas dos costumes e hábitos judaicos; deveríamos utilizar o "Santo Filtro Cultural" conhecido biblicamente como o "exclusivo" Apóstolo dos Gentios, nosso amado Apóstolo Paulo. Deus e Jesus escolheram Paulo para que nós os gentios pudéssemos compreender o que o Santo Autor da Bíblia (Deus), queria nos dizer. Treze Cartas, nos foram entregues, com esta finalidade. Quem são estes "novos interpretes" contemporâneos com poderes concedidos por quem, para nos traduzir textos do Antigo Testamento? E ainda mais, das Santas Profecias do Livro de Daniel? Se meu Santo Filtro Cultural, Apóstolo Paulo, nunca me anunciou este "novo evangelho" de um tal "arrebatamento invisível", eu reputo esta "nova doutrina" por ANÁTEMA!

      Excluir
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    3. Caro Diário Compesiano, boa noite. Respeito seu ponto de vista porém você refuta o estudo acima apenas por ideólogias pessoas e não usando um estudo baseado na palavra de Deus que enriqueceria o debate

      Excluir
    4. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    5. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    6. Por que removeram os comentários de Melk? Isso é uma falta de respeito e consideração. Assim, são os pós-tribulacionistas sempre armados, mas não com a Palavra.
      O Diário Compensiano foi rude ao chamar os pré-tribulacionistas de Anátema, o que constitui um absurdo, pois Cristo morreu por todos, sejam pós, pré ou meso-tribulacionista.
      Dizer que o prétribulacionismo não é bíblico é outra falácia das grandes, pois é o sistema que mais se utiliza da Bíblia para defender seus pontos. Uma vez que utiliza inumeras passagens do Antigo Testamento e muitas outras do Novo Testamento. Enquanto que os pós se utilizam mais do N.T. do que do A.t.
      Os pré-tribulacionistas não são burros como tentam fazer parecer, pois se não estivessem alicerçados na Bíblia, com certeza, não defenderiam seus pontos de entendimento.
      Sou mais apreciador do meso-tribulacionismo, mas fico irritado com certas posturas que beiram as raias do ódio, por alguém defender uma posição que não seja a sua.
      Isto, com certeza, me afasta mais da visão pós-tribulacionista.

      Excluir
    7. Caro Ademir, você está muito enganado ao pensar que eu removi os comentário do estimado Melk. Repare, que a observação diz que o comentário foi removido pelo próprio autor, ou seja, ele próprio o removeu. Eu aprecio muito os comentários de todos e só removeria um comentário se ele fosse ofensivo, usando palavras de baixo calão.

      Excluir
  17. Há um intervalo de tempo entre a 69ª e a 70ª semana enquanto isso a Israel rejeita o messias, Ver Lucas 13.34,35 “Jerusalém, Jerusalém, que matas os profetas, e apedrejas os que te são enviados! Quantas vezes quis eu ajuntar os teus filhos, como a galinha os seus pintos debaixo das asas, e não quiseste? Eis que a vossa casa se vos deixará deserta. E em verdade vos digo que não me vereis até que venha o tempo em que digais: Bendito aquele que vem em nome do Senhor”.
    A igreja é formada e arrebatada para o céu. A luz de Daniel 9.24 a profecia das 70 semanas não tem nada haver com a Igreja, apenas no intervalo de tempo, mas nesse intervalo de tempo a Igreja não estará na terra. Após o arrebatamento da Igreja terá inicio a 70ª semana os sete anos em que ocorrerá a grande tribulação, a qual é descrita em detalhes no Apocalipse no capitulo 6 ao 18.
    É bom salientar que nesses capitulos citados a igreja não é mencionada em momento algum. Fato que nos deixar afirma que a igreja não passará pela grande tribulação.

    Como já declaramos acima a volta de Cristo será composta de duas distintas fases. O arrebatamento da Igreja e a sua volta pessoal em glória,para livrar Israel, julgar as nações e estabelecer o seu reino milenar.
    A quem afirme que a igreja do Senhor enfrentará a grande tribulação, e que , quando Jesus vier, virá num ato único para A Igreja, Israel e para as nações rebeladas contra Deus. É necessario saber que as trombetas de I Cor 15.52 e I Ts 4.16 estão diretamente ligadas ao arrebatamento da Igreja e a trombeta de Apocalipse 11.15-19 não tem haver com o arrebatamento e sim dá inicio ao Juizos da Grande tribulação.

    A diferença e os contrastes das duas fases da vinda de Jesus são tantos na escritura, que se houvesse uma só fase, tudo seria uma grande contradição. Vejamos as evidências que nos faz afirmar a distinção entre as fases da volta de Cristo.

    Em Jo.3 diz “E quando eu for, e vos preparar lugar, virei outra vez, e vos levarei para mim mesmo, para que onde eu estiver estejais vós também”. Jesus tá prometendo vir buscar o seu povo que está aqui na terra, então ele vem para os seus.

    Em col 3.4 diz: ” Quando Cristo, que é a nossa vida, se manifestar, então também vós vos manifestareis com ele em glória.”
    A palavra nos afirma que quando ele vier, nós viremos com ele, então aqui ele vem com os seus. Para Jesus vim com os seus, ele primeiro os levará para si. Ver Zac 14.4,5 e Judas v.14)

    Em l Ts 4.17 “Depois nós, os que ficarmos vivos, seremos arrebatados juntamente com eles nas nuvens, a encontrar o Senhor nos ares, e assim estaremos sempre com o Senhor.”

    Em Zc.14.4 “E naquele dia estarão os seus pés sobre o monte das Oliveiras, que está defronte de Jerusalém para o oriente; e o monte das Oliveiras será fendido pelo meio, para o oriente e para o ocidente, e haverá um vale muito grande; e metade do monte se apartará para o norte, e a outra metade dele para o sul.”

    Em I Ts 4.17. Jesus vem até as nuvens para levar os seus; dos ares Ele os levará. Em Zacarias 14.4 o Senhor vem e pisará a terra, a saber, o monte das Oliveiras e de modo ostensivo. E trata-se aí da vinda do Senhor (Zc 14.b). Logo se trata aí de dois casos diferentes.

    ResponderExcluir
  18. Em l Cor. 15.52 “Num momento, num abrir e fechar de olhos, ante a última trombeta; porque a trombeta soará, e os mortos ressuscitarão incorruptíveis, e nós seremos transformados.”
    Em Mt 24.30 “Então aparecerá no céu o sinal do Filho do homem; e todas as tribos da terra se lamentarão, e verão o Filho do homem, vindo sobre as nuvens do céu, com poder e grande glória.”
    Em I Cor 15.52 Jesus vem num momento, e levará os seus para o céu. Isso, num abrir e fechar de olhos. Em Mateus 24.30 Jesus, ao voltar, será visto por todos os povos da terra. Essa fase da vinda será precedida do sinal do filho do homem, como está bem claro em Mateus 24.30. Será, portanto, algo lento e diferente de I Cor. 15.52.
    Em Hebreus 9.28 “Assim também Cristo, oferecendo-se uma vez para tirar os pecados de muitos, aparecerá segunda vez, sem pecado, aos que o esperam para salvação.” Essa passagem afirma que Jesus virá sem pecado, isto é, não para tratar do problema do pecado. Ele virá para os que aguardam para a salvação.

    Em Mateus 25.31-46 “E quando o Filho do homem vier em sua glória, e todos os santos anjos com ele, então se assentará no trono da sua glória; E todas as nações serão reunidas diante dele, e apartará uns dos outros, como o pastor aparta dos bodes as ovelhas; E porá as ovelhas à sua direita, mas os bodes à esquerda. Então dirá o Rei aos que estiverem à sua direita: Vinde, benditos de meu Pai, possuí por herança o reino que vos está preparado desde a fundação do mundo; Porque tive fome, e destes-me de comer; tive sede, e destes-me de beber; era estrangeiro, e hospedastes-me; Estava nu, e vestistes-me; adoeci, e visitastes-me; estive na prisão, e fostes ver-me. Então os justos lhe responderão, dizendo: Senhor, quando te vimos com fome, e te demos de comer? ou com sede, e te demos de beber? E quando te vimos estrangeiro, e te hospedamos? ou nu, e te vestimos? E quando te vimos enfermo, ou na prisão, e fomos ver-te? E, respondendo o Rei, lhes dirá: Em verdade vos digo que quando o fizestes a um destes meus pequeninos irmãos, a mim o fizestes. Então dirá também aos que estiverem à sua esquerda: Apartai-vos de mim, malditos, para o fogo eterno, preparado para o diabo e seus anjos; Porque tive fome, e não me destes de comer; tive sede, e não me destes de beber; Sendo estrangeiro, não me recolhestes; estando nu, não me vestistes; e enfermo, e na prisão, não me visitastes. Então eles também lhe responderão, dizendo: Senhor, quando te vimos com fome, ou com sede, ou estrangeiro, ou nu, ou enfermo, ou na prisão, e não te servimos? Então lhes responderá, dizendo: Em verdade vos digo que, quando a um destes pequeninos o não fizestes, não o fizestes a mim. E irão estes para o tormento eterno, mas os justos para a vida eterna.”

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caro Melk, l Cor. 15.52 está relacionado a Mt 24.31, ambos descrevem o arrebatamento que acontecerá ao soar da última trombeta, quando Cristo vier sobre as nuvens dos céus com grande poder e glória. A ressurreição e o arrebatamento acontecerão em um abrir e fechar de olhos! Nenhum problema quanto a isso. Cristo irromperá sobre as nuvens dos céus, instantaneamente os mortos ressuscitarão e haverá o arrebatamento da igreja que se encontrará com Cristo e o acampanhará em sua descida que se processará de modo glorioso e visível. As nações se lamentarão pois é chegado o Grande e Terrível Dia do Senhor, Dia de Juízo Final contra toda a impiedade.

      Quanto a Hebreus 9.28, o texto apenas afirma que Jesus vem sem pecado e não é correto concluir daí que Jesus não virá para julgar o pecado. Jesus nasceu, viveu, morreu, ressuscitou e retornará sem pecado! Mas ele retornará para julgar os vivos e os mortos. Como você mesmo mencionou ao citar Mt 25.31-46 onde Jesus mostra que logo após a sua Segunda Vinda acontecerá o Juízo Final.

      Espero ajudá-lo com isto.

      Um grande abraço!

      Ildo

      Excluir
  19. Na passagem acima vemos Jesus vindo para julgar e castigar os pecados daqueles que tiveram prazer somente em pecar, logo, Hb 9.28 e Mat 25.31-46 tratam de dois casos diferentes.
    Em apocalipse 19.7,8 “Regozijemo-nos, e alegremo-nos, e demos-lhe glória; porque vindas são as bodas do Cordeiro, e já a sua esposa se aprontou. E foi-lhe dado que se vestisse de linho fino, puro e resplandecente; porque o linho fino são as justiças dos santos.
    Nessa passagem temos referência a Igreja reunida e vestida de linho fino nas bodas do cordeiro,
    Já em apocalipse 19.11-14 “E vi o céu aberto, e eis um cavalo branco; e o que estava assentado sobre ele chama-se Fiel e Verdadeiro; e julga e peleja com justiça. E os seus olhos eram como chama de fogo; e sobre a sua cabeça havia muitos diademas; e tinha um nome escrito, que ninguém sabia senão ele mesmo. E estava vestido de uma veste salpicada de sangue; e o nome pelo qual se chama é a Palavra de Deus. E seguiam-no os exércitos no céu em cavalos brancos, e vestidos de linho fino, branco e puro”.
    Nessa passagem o Senhor virar com um exército vestido de linho fino, a veste citada no verso 8 do mesmo capitulo. E isso acontecerá em tempos diferente.
    Em I Cor. 15.51a “Eis que vos digo um mistério:...” A fase da vinda de Jesus nessa passagem é abordada como mistério. O arrebatamento da Igreja não foi revelado aos escritores do antigo testamento. Os escritores do novo tiveram a revelação do evento, mas não dos seus detalhes. Já a volta de Cristo à terra é um evento detalhadamente descrito em grande parte do antigo testamento. É chamado “ Dia do Senhor Jeová”, tão mencionado nos profetas. O dia em que ele virá a terra para julgar as nações.
    Ló foi posto a salvo antes de Deus destruir as cidades ímpias de Sodoma e Gomorra. Jesus disse que assim será quando ele vier . (Lc 17.29,30) vejamos se Ló que nesse caso prefigura a Igreja do Senhor foi posto a salvo antes da destruição das cidades e Jesus disse que assim seria quando ele volta-se, logo ele primeiro arrebatará a Igreja para depois permitir o estabelecimento da grande tribulação.
    Outra observação é esta: A Estrela da manhã de Apocalipse 22.16 e o sol da Justiça de Malaquias 4.2. A estrela da manhã, como sabemos precede o sol. Jesus, como a estrela da Manhã, está vindo para a igreja. Mas, como o sol da justiça, sua vinda é para Israel e as demais nações.



    Para finalizar esse pequeno comentário uma visão panorâmica do livro do Apocalipse. Entendendo sobre o que se fala fica mais fácil entender a palavra.
    Cap. 1 _ A visão de Cristo Glorificado.
    Cap. 2-3 – A igreja no passado e presente.
    Cap. 4 – A igreja arrebatada.
    Cap. 5 – A igreja glorificada.
    Cap. 6 ao 18 – A grande tribulação
    Cap. 19 – a volta pessoal de Jesus em glória.
    Cap. 20 – O milênio e o Juízo final.
    Cap. 21-22 – O perfeito estado eterno.

    Vale salientar que do capitulo 6 ao 18 onde se detalha a grande tribulação não é citada em passagem alguma a Igreja. Ou seja; ela não passará pela grande tribulação até porque ela “a grande tribulação” é para Israel (Dn.9.24).
    Quero afirma por fim que:
    Jesus virá arrebatar a sua igreja e ninguém verá apenas sentirá a falta de milhões de pessoas desaparecida. Aqui na terra será estabelecida a grande tribulação, enquanto a Igreja estará nas bodas do cordeiro, ao fim do período da grande tribulação que será de sete anos, devidos em duas parte, Jesus voltará com sua igreja para estabelecer o milênio e assim reinar por mil anos.

    Pb. Melquizedek

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caro Pb. Melquizedek,
      As Bodas do Cordeiro estão intimamente relacionadas a Segunda Vinda de Cristo, que vem sobre as nuvens dos céus, montado sobre um cavalo branco, acompanhado de seu exército celestial. Repara a descrição completa das Bodas conectadas com a manifestação do Filho de Deus em Apocalipse 19.6-16: “Aleluia!, pois reina o Senhor, o nosso Deus, o Todo- poderoso. Regozijemo- nos! Vamos alegrar- nos e dar- lhe glória! Pois chegou a hora do casamento do Cordeiro, e a sua noiva já se aprontou. Para vestir- se, foi- lhe dado linho fino, brilhante e puro”. O linho fino são os atos justos dos santos. E o anjo me disse: “Escreva: Felizes os convidados para o banquete do casamento do Cordeiro!” E acrescentou: “Estas são as palavras verdadeiras de Deus”. Então caí aos seus pés para adorá- lo, mas ele me disse: “Não faça isso! Sou servo como você e como os seus irmãos que se mantêm fiéis ao testemunho de Jesus. Adore a Deus! O testemunho de Jesus é o espírito de profecia”. Vi os céus abertos e diante de mim um cavalo branco, cujo cavaleiro se chama Fiel e Verdadeiro. Ele julga e guerreia com justiça. Seus olhos são como chamas de fogo, e em sua cabeça há muitas coroas e um nome que só ele conhece, e ninguém mais. 13 Está vestido com um manto tingido de sangue, e o seu nome é Palavra de Deus. Os exércitos dos céus o seguiam, vestidos de linho fino, branco e puro, e montados em cavalos brancos. De sua boca sai uma espada afiada, com a qual ferirá as nações. “Ele as governará com cetro de ferro.” Ele pisa o lagar do vinho do furor da ira do Deus todo- poderoso. Em seu manto e em sua coxa está escrito este nome: REI DOS REIS E SENHOR DOS SENHORES."

      Portanto, as Bodas do Cordeiro acontecem após a queda de Babilônia, após a Grande Tribulação, no dia em que os céus se abrem para a descida do Filho de Deus que virá montado sobre um cavalo branco. Todo olho o verá. A Segunda Vinda de Cristo representará angustia para os perdidos e festa de casamento para a Igreja.

      Continua...

      Excluir
    2. Continuação...
      Outra observação: Precisamos também notar que o Livro de Apocalipse não é uma narrativa cronológica dos fatos. Antes, trata-se de uma série de visões entrelaçadas ou justapostas, como retratos de uma mesma história tirados de diversos ângulos diferentes de maneira a enriquecer a visão como um todo.

      O livro está dividido em sete seções paralelas e progressivas. O Apóstolo João, autor do Apocalipse, também escreveu o Evangelho de João e lá também fez uso do número sete para destacar certas verdades, no caso, para defender a divindade de Jesus, pois o Evangelho registra sete milagres de Cristo e também sete vezes a expressão "Eu Sou". Então, Apocalipse, segue esta mesma linha, possuindo sete seções. Sendo que cada seção compreende o período que vai da primeira à segunda vinda. Cada nova seção é mais clara em seu retrato do fim até chegarmos ao clímax! Primeira Seção (1-3) - Os sete candeeiros; Segunda Seção (4-7) - Os sete selos; Terceira Seção (8-11) - As sete trombetas; Quarta Seção (12-14) - A trindade maligna; Quinta Seção (15-16) -As sete taças; Sexta Seção (17-19) - A derrota dos agentes do Dragão; e a Sétima Seção (20-22), que mostra o Reinado de Cristo com as almas do santos no céu e não em um milênio na terra depois da segunda vinda.

      Embora o capítulo 19 descreva a Segunda Vinda de Cristo, ele termina com uma descrição viva do juízo final. Os eventos descritos no Capítulo 20 não seguem os do capítulo 19 em ordem cronológica, assim como também a descrição do nascimento de Jesus que encontramos no capítulo 12, de maneira alguma segue cronologicamente os eventos do juízo registrados no capítulo 11.

      Portanto, assim como o capítulo 11 termina com uma descrição do Juízo Final e o capítulo 12 recomeça contando a história a partir do nascimento de Cristo, assim também, acontece com os capítulos 19 e 20. Pois, o capítulo 20 começa descrevendo os eventos que marcaram a primeira vinda. Porque foi por ocasião da Primeira Vinda de Cristo que aconteceu o aprisionamento de Satanás (Mt 12.27-29; Jo 1.5; Mt 16.18; Mt 28.18) e seu lançamento no abismo (Lc 10.18; 2Pe 2.4 e Jd 6).

      Um grande abraço!

      Excluir
  20. Ola amigos,

    li cada afirmação e notei muitas discrepãncias no povo do Senhor, para poder arrazoar primeiro devemos fazer-nos algumas perguntas.

    1 * Cremos que todas a bíblia é válida para o ensino e inspirada por Deus? Velho e Novo testamento?

    2 * A vinda de Jesus será algo secreto como um ladrão ou inesperado como um ladrão?

    3 * A vinda de Cristo será um evento secreto, sem pistas ou será comparado com o dilúvio, de ordem mundial?

    4 * quando Jesus voltar, somente os crentes o verão ou todo o olho o verá?

    5 * Os crentes durante a tribulação estarão no céu ou estarão na terra protegidos por Deus como Noé foi na arca?

    Deixemos que a biblia responda:

    II Timóteo 3:16-17
    Porque vós mesmos sabeis muito bem que o dia do Senhor virá como o ladrão de noite;

    Pois que, quando disserem: Há paz e segurança, então lhes sobre-virá repentina destruição, como as dores de parto àquela que está grávida, e de modo nenhum escaparão.

    Mas vós, irmãos, já não estais em trevas, para que aquele dia vos surpreenda como um ladrão;
    1 Tessalonicenses 5:2-4

    Porque, eis que o SENHOR virá com fogo; e os seus carros como um torvelinho; para tornar a sua ira em furor, e a sua repreensão em chamas de fogo.
    Isaías 66:15

    Porque, assim como o relâmpago sai do oriente e se mostra até ao ocidente, assim será também a vinda do Filho do homem.

    Pois onde estiver o cadáver, aí se ajuntarão as águias.

    E, logo depois da aflição daqueles dias, o sol escurecerá, e a lua não dará a sua luz, e as estrelas cairão do céu, e as potências dos céus serão abaladas.

    Então aparecerá no céu o sinal do Filho do homem; e todas as tribos da terra se lamentarão, e verão o Filho do homem, vindo sobre as nuvens do céu, com poder e grande glória.

    E ele enviará os seus anjos com rijo clamor de trombeta, os quais ajuntarão os seus escolhidos desde os quatro ventos, de uma à outra extremidade dos céus.

    Aprendei, pois, esta parábola da figueira: Quando já os seus ramos se tornam tenros e brotam folhas, sabeis que está próximo o verão.

    Igualmente, quando virdes todas estas coisas, sabei que ele está próximo, às portas.

    Em verdade vos digo que não passará esta geração sem que todas estas coisas aconteçam.

    O céu e a terra passarão, mas as minhas palavras não hão de passar.

    Mas daquele dia e hora ninguém sabe, nem os anjos do céu, mas unicamente meu Pai.

    E, como foi nos dias de Noé, assim será também a vinda do Filho do homem.

    Porquanto, assim como, nos dias anteriores ao dilúvio, comiam, bebiam, casavam e davam-se em casamento, até ao dia em que Noé entrou na arca,

    E não o perceberam, até que veio o dilúvio, e os levou a todos, assim será também a vinda do Filho do homem.
    Mateus 24:27-39

    Eis que vem com as nuvens, e todo o olho o verá, até os mesmos que o traspassaram; e todas as tribos da terra se lamentarão sobre ele. Sim. Amém.

    existem milhares de versos e profecias acerca da volta de Jesus, sua manifestação não será comparada a nada que foi visto na terra. O arrebatamento secreto é uma mentira bolada para fazer com que os que creem em Cristo não se preparem adequadamente para seu retorno, afinal se não ir com a primeira leva, vai com a segunda. O filme deixados para trás é uma emanação do engano e do erro.

    Se quizerem realmente se aprofundar nessa verdade sagrada, recomendo estudar a bíblia com oração, para auxiliá-los recomendo um livro NINGUÉM SERÁ DEIXADO PARA TRÁZ (http://www.cpb.com.br/produto-596-ninguem+sera+deixado+para+tras.html), eu não prego aki nenhuma igreja, mas a verdade deve brilhar nesses dias de exploração da fé. mateus 24 se cumpre fielmente aos nossos olhos, e em Daniel 2 estamos ja nas unhas da estátua, o que espera vc agora? se prepare para a Rocha que vem!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito bem, Cristiano!

      Deus continue abençoando sua vida e ministério.

      Um grande abraço!

      Excluir
  21. Concordo com o Presbítero Melquisedek.

    As Bodas do Cordeiro se darão no céu antes da descida de Cristo à terra (a qual a Noiva desce com Ele). Alguns irmãos se esquecem que Mateus 24:30-31 não cita arrebatamento, e sim reunião dos judeus durante a Grande Tribulação.

    Preste atenção ao que diz Lucas 12:35-37: "Estejam cingidos os vossos lombos, e acesas as vossas candeias. E sede vós semelhantes aos homens que esperam o seu senhor, quando houver de voltar das bodas, para que, quando vier, e bater, logo possam abrir-lhe. Bem aventurados aqueles servos, os quais, quando o Senhor vier, achar vigiando! Em verdade vos digo que se cingirá, e os fará assentar à mesa e, chegando-se, os servirá."

    As Bodas do Cordeiro ocorrem no céu e a ceia ocorre na terra em que os convidados para a ceia são os escolhidos de Mateus 24:31.

    Cristo não desce à terra para julgar a Grande Babilônia, porque ela é destruída pelo terremoto descrito em Apocalipse 16:17-21.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. As Bodas do Cordeiro estão intimamente relacionadas a Segunda Vinda de Cristo, que vem sobre as nuvens dos céus, montado sobre um cavalo branco, acompanhado de seu exército celestial. Repara a descrição completa das Bodas conectadas com a manifestação do Filho de Deus em Apocalipse 19.6-16: “Aleluia!, pois reina o Senhor, o nosso Deus, o Todo- poderoso. Regozijemo- nos! Vamos alegrar- nos e dar- lhe glória! Pois chegou a hora do casamento do Cordeiro, e a sua noiva já se aprontou. Para vestir- se, foi- lhe dado linho fino, brilhante e puro”. O linho fino são os atos justos dos santos. E o anjo me disse: “Escreva: Felizes os convidados para o banquete do casamento do Cordeiro!” E acrescentou: “Estas são as palavras verdadeiras de Deus”. Então caí aos seus pés para adorá- lo, mas ele me disse: “Não faça isso! Sou servo como você e como os seus irmãos que se mantêm fiéis ao testemunho de Jesus. Adore a Deus! O testemunho de Jesus é o espírito de profecia”. Vi os céus abertos e diante de mim um cavalo branco, cujo cavaleiro se chama Fiel e Verdadeiro. Ele julga e guerreia com justiça. Seus olhos são como chamas de fogo, e em sua cabeça há muitas coroas e um nome que só ele conhece, e ninguém mais. 13 Está vestido com um manto tingido de sangue, e o seu nome é Palavra de Deus. Os exércitos dos céus o seguiam, vestidos de linho fino, branco e puro, e montados em cavalos brancos. De sua boca sai uma espada afiada, com a qual ferirá as nações. “Ele as governará com cetro de ferro.” Ele pisa o lagar do vinho do furor da ira do Deus todo- poderoso. Em seu manto e em sua coxa está escrito este nome: REI DOS REIS E SENHOR DOS SENHORES."

      Portanto, as Bodas do Cordeiro acontecem após a queda de Babilônia, após a Grande Tribulação, no dia em que os céus se abrem para a descida do Filho de Deus que virá montado sobre um cavalo branco. Todo olho o verá. A Segunda Vinda de Cristo representará angustia para os perdidos e festa de casamento para a Igreja.

      Excluir
  22. Olá Pastor.

    Vendo suas analises e estudando um pouco, eu finalmente percebi que não haverá arrebatamento secreto, mesmo que os Pré's digam passagens bíblicas e etc, eles não podem explicar as respostas Pós Tribulacionais.
    Quando eu soube que essa doutrina surgiu no século 19 e não, realmente, na Bíblia, comecei a analisar a partir dai, e hoje, eu sou um Pós Tribulacionista.

    Espero que o Pastor me perdoe na minha "ingenuidade" acima, finalmente eu abri os meus olhos para a verdade.

    E uma curiosidade Pastor, os Pré dizem que a Igreja não passará pela Tribulação pois ela não é descrita entre Apocalipse 4 e 18, mas como a Igreja existirá sem o Espirito Santo? Ou seja, a igreja, na Tribulação do Apocalipse será chamada de "santa" ou no geral, "santos", assim como está escrito em Apocalipse 14:12: "Aqui está a paciência dos santos, aqui estão os que guardam os mandamentos do Senhor e a fé em Jesus".
    Agora antes dos Pré virem me criticar dizendo: Mais João está descrevendo os israelitas nessa passagem! Ok, mas Israel é uma nação Judaica, e eles não crêem em Jesus Cristo, então como seria Israel, se eles mesmos não guardam a fé em Jesus?

    Grato por suas explicações pastor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O que Joao escreve sobre esta multidão de santos vinda da grande tribulaçao , inclui tanto judeus quanto gentios , sao todos os que se converteram no periodo da grande tribulação .

      Excluir
    2. EBD Sofia IAD Catete, afirmar que haverá salvação após o Arrebatamento da Igreja é uma contradição com o ensino de Jesus de que a porta da salvação será fechada assim como aconteceu com a porta da Arca que foi fechada por Deus quando chegou o dilúvio. Vide a Parábola das Dez Virgens, por exemplo!

      Dizer ainda que toda aquela multidão incontável de pessoas mencionadas em Apocalipse 7 se converteu extamente naquele período curto de 7 anos quando, segundo os dispensacionalistas, nem a Igreja e nem o Espírito Santo estarão mais na terra, é menosprezar a missão evangelizadora da Igreja e zombar do papel do Espírito Santo como aquele que convence os homens do pecado da justiça e do juízo, dizendo que a tribulação conseguirá fazer em 7 anos o que a Igreja e o Espírito não conseguiram durante toda a história da Igreja. Tamanha blasfêmia!

      Excluir
    3. Caro Victor Rodrigues,

      Os cristão são constantemente denominados "santos". Exemplo: "aos santos e fiéis irmãos em Cristo que estão em Colossos..." (Col 1.2); "Amados, embora estivesse muito ansioso por lhes escrever acerca da salvação que compartilhamos, senti que era necessário escrever- lhes insistindo que batalhassem pela fé de uma vez por todas confiada aos santos" (Jd 1.3).

      Apocalipse 17:6 claramente indica que os santos são as testemunhas de Jesus e não o povo judeu. Veja: "Vi que a mulher estava embriagada com o sangue dos santos, o sangue das testemunhas de Jesus..."

      O Livro de Apocalipse é escrito para as igrejas gentílicas da Ásia Menor. A grande multidão de salvos de todas as tribos e nações descritas nos capítulos 6 e 7 são de crentes martirizados no período da Grande Tribulação (Ap 7.14). No Capítulo 6, eles são consolados ouvindo que devem esperar um pouco mais até que se complete o número de conservos seus que serão mortos assim como eles mesmos foram mortos. E, em Apocalipse 3.6, lemos: "Foi- lhe dado poder para guerrear contra os santos e vencê- los. Foi- lhe dada autoridade sobre toda tribo, povo, língua e nação. Todos os habitantes da terra adorarão a besta, a saber, todos aqueles que não tiveram seus nomes escritos no livro da vida do Cordeiro que foi morto desde a criação do mundo. E no final do versículo 10, o autor concluí dizendo: "Aqui estão a perseverança e a fidelidade dos santos". Quando lemos as cartas endereçadas as Sete Igrejas, observamos que fidelidade e perseverança são exigências constantes.

      Não há como duvidar que os santos sejam referências aos salvos em Cristo, a Igreja do Senhor!

      Excluir
  23. Oi, eu acredito que Cristo vai buscar sua igreja após a tribulação, mas como cresci com o pré-tribulacionismo ainda tenho certos pendores!!!! Mas perguntando sobre o anticristo, tem alguns teólogos que dão a impressão que o anticristo já veio que foi o reinado de nero, vespasiano, etc, mas se o anticristo já veio, já reinou então o que ainda estamos fazendo aqui, porquê segundo o apocalipse depois da besta que surge do abismo tocaria a última trombeta e este seria o fim, só que se ele já veio e já foi então eu não entendo mais nada!!!! Me mande por favor um email para mim me explicando a respeisto disso se o anticristo já veio e já foi e porquê ainda estamos aqui e que lógica há nisso? cris-nds1@hotmail.com , espero o contato!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não há lógica por que ele ainda nao veio meu amado irmão . Mas, quer um bom conselho , diz a palavra que na multidao de conselhos há sabedoria , rs . Siga o exemplo de Daniel , busque as respostas na propria palavra que ela a si mesma interpreta e tambem no jejum e oraçao , como fez o profeta Daniel . ok . Que Jesus te abençoe , e te ilumine . Fique na paz, se continuar buscando respostas nos homens , vera que todos eles terao embasamento biblico para suas linhas teologicas e ideias .

      Excluir
  24. Oi, eu não estou entendendo está questão alguns teólogos tem afirmado que o anticristo já veio e já foi, que foi a época de Nero, Vespasiano, etc, só que tem um porém a Bíblia afirma que depois que às duas testemunhas pregarem a besta que ia surgir do abismo pelejaria contra elas... E depois tocaria a 7° trombeta e nisso seria o fim! Só que eu estou com um nó na minha cabeça, se a besta que surge do abismo já veio que é tbm o anticristo ou 8° rei já veio já reinou e tudo, então estou tentando entender o que estamos fazendo aqui nesta terra ainda, porquê já não era para tudo ter acabado!!!Eu não estou entendendo nada, porquê se a grande tribulação já aconteceu e Cristo disse que viria buscar a igreja após a grande tribulação e depois disto tudo acabaria porquê viria o juízo, então se esta grande tribulação já aconteceu se o anticristo já reinou então o que falta para Cristo nos buscar???? Mande um email para mim por favor: cris-nds1@hotmail.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Cristiane,

      João esclarece esta questão informando que o anticristo não é apenas um, mas muitos: "Filhinhos, esta é a última hora e, assim como vocês ouviram que o anticristo está vindo, já agora muitos anticristos têm surgido. Por isso sabemos que esta é a última hora." (1 Jo 2.18).

      É possível identificarmos muitos personagens históricos que se encaixam perfeitamente no perfil do anticristo. Nos tempos bíblicos, tivemos Tito, Nero, Calígula, Domiciano entre outros imperadores romanos que perseguiram impiedosamente a Igreja.

      Embora haja muitos anticristos, haverá um em especial, que será o derradeiro. Apocalipse 12:12 e 13 revela que bem no final dos tempos o Diabo descerá até a terra cheio de fúria por saber que pouco tempo lhe resta e perseguirá a Igreja. Veja também o que diz o versículo 17: "O dragão irou- se contra a mulher e saiu para guerrear contra o restante da sua descendência, os que obedecem aos mandamentos de Deus e se mantêm fiéis ao testemunho de Jesus".

      Um texto paralelo a este encontramos em Apocalipse 20 que também fala que Satanás será solto no final dos tempos e convocará as nações para marcharem contra o arraial dos santos (A Igreja).

      No final o Senhor Jesus vencerá o Dragão, a Besta e o Anticristo, que serão lançados no inferno.

      Espero ter ajudado. Qualquer dúvida, é só chamar.
      Um abraço,
      Ildo

      Excluir
  25. Boa tarde a todos.
    Pastor, Graças a Deus que nos dá entendimento quanto a sua palavra, durante muito tempo acreditei na vinda do Senhor em duas fases. depois de algum tempo, isso a mais de 5 anos, estudando a palavra de Deus, descobri que não existia base biblica para tal argumento, e a biblia é clara quanto a vinda de Jesus, em Mt: 24 os discipulos no monte das oliveiras, fazem a seguinte pergunta a Jesus. Que sinal haverá da tua vinda e do fim do mundo. Ora a resposta de Jesus foi simples e fiel a pergunta que lhe foi feita, e em momento algum ele fala de algum arrebatamento secreto. o arrebatamento será parte do processo da vinda de Cristo. ou seja, Jesus falou de sua vinda gloriosa, nas nuvens, com grande clangor de trombetas, enquanto paulo narra o que acontece entre terra e céu ou seja, ao aparecer jesus nos céus, os mortos em cristo estão ressuscitando e nos os vivos sendo trasformados num piscar de olhos, e logo em seguida nos os vivos trasformados juntamente com os ressuscitado seremos ambos arrebatados a encontrar o Senhor nos ares, ou seja, nas nuvéns onde Ele está, então estaremos para sempre com o Senhor.
    A vinda do Senhor, será o dia do Senhor, será o dia da ira de Deus. Deus dá a oportunidade para que as pessoas conheçam Ele hoje, não haverá 7 anos de tribulação depois do arrebatamento, pois assim, quem não se converteria após o arrebatamento, pois imagine um evento desse acontecendo hoje, e ainda ter 7 anos a frente para um fim definitivo,até um ateu acreditaria na biblia, e se suportaria qualquer coisa por saber que Ela e verdadeira, não há fundamento isso irmãos além da biblia nos falar é uma questão de lógica, a parabola das dez virgens é clara que quando o noivo chegou as que não estavam preparadas não entraram e não houve segunda chance pra elas. outras coisa. se Jesus não menciona o arrebatamento, se apocalipse que é a revelação futura não menciona o arrebatamento quem menciona o arrebatamento é paulo, poderiamos então dizer que Paulo teve uma revelação que nem Jesus falou, nem está descrito em apocalipse, isso porque, o arrebatamento é apenas o traslado dos crentes entre terra e Céu, A resposta de Jesus em Mt: 24 é clara. os versiculos 3-28 Jesus fala dos principios das dores fala da profecias de Daniel que já se cumpriram, fala que a vinda dele será como uma relampago, e irmão relampago não é sinonimo de rapidez e sim de visibilidade, por isso Jesus reforçou o argumento explicando que assim como o relampago sai no oriente e se mostra até o ocidente, assim seria a vinda dele, ou seja, quando um relampago aparece, é visto de varios angulos e de varias distancia.
    No versiculo mt-29, Jesus fala dos acontecimento com os astros naturais, e o sua vinda. o capitulo termina com Jesus nos exortando e nos alertando através das parabolas. é simples irmão, não tente defender coisas das quais não tenham certeza. leia a palavra ela é fiel e como está escrito em Hebreus 4:12
    12 - Porque a palavra de Deus é viva e eficaz, e mais penetrante do que espada alguma de dois gumes, e penetra até à divisão da alma e do espírito, e das juntas e medulas, e é apta para discernir os pensamentos e intenções do coração.
    Para entender este acontecimento, os evangelhos, as epistolas e o Apocalipse tem que está em concordancia e a concardancia desses livros e epistolas apontam para um único eventos. a Vinda do Filho do Homem.

    ResponderExcluir
  26. Só queria entender por que Jesus iria arrebatar a igreja após a grande tribulação ? Não há mais necessidade , implanta logo o reino milenal com a igreja aqui . Já que o reino milenal sera implantado após a grande tribulação .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jesus mesmo responde sua questão quando diz que logo após a tribulação daqueles dias, o sol escurecerá e aparecerá no céu o sinal do Filho do Homem que virá ao mundo sobre as nuvens do céus com grande poder e glória e ressuscitará e enviará seus anjos para os quatro cantos da terra para arrebatar a sua Igreja para que ela possa estar para sempre com ele (Mc 13:26-27; Mt 24.29-31; 1 Ts 4.16-18). Esta é a forma pela qual Jesus separará as ovelhas dos bodes (Mt 25.32 e 33).
      Espero que a resposta de Cristo seja suficiente para você.

      Excluir
    2. Caros irmãos a paz de Cristo a todos. Quero agradecer a todos pela maturidade em que se manteve esse debate,pois é salutar discutirmos de forma madura sem denegrir -mos as opiniões contrarias a nossa. Por essa razão estão todos de parabéns.Continuou acreditando que não irei passar por grande tribulação, mais isso é apenas um detalhe pois estaremos um dia com o Senhor Jesus em sua glória.
      Pb. Melquizedek Oliveira

      Excluir
    3. Caro Melquizedek, estou seguro de que nossas divergencias de opinião não interferem em nosso relacionamento com Cristo. Boa parte de meus colegas de ministério e membros da Igreja Metodista Livre são pré-tribulacionistas e nós temos ótima comunhão em Cristo. O que mais me preocupa na posição pré-tribulacionista é a crença na possibilidade de salvação após o arrebatamento, tanto de judeus como de outros. Pois Paulo afirmou: "Eis aqui e agora o tempo sobremodo oportuno, eis aqui e e agora o dia da salvação!" Quando o Noivo chegar, a porta será fechada e as virgens néscias ficarão do lado de fora sem esperança de salvação, do mesmo modo como aconteceu nos dias de Noé, quando a porta da Arca se fechou assim que o Dilúvio começou.
      Um grande abraço,
      Ildo

      Excluir
  27. Acho que o que vai assegurar a verdade, serão os momentos finais, antes da volta de Cristo, a súbita união ecumênica, as decadência repentina da economia e tudo o mais que irá acontecer. Creio eu que como aconteceu nos dias de noé há de acontecer nos nossos dias, e como noé foi protegido e também o povo de Israel no egito também a igreja há de ser. A vinda de Cristo é descrita como algo glorioso e fulgurante, onde a igreja perseguida por causa de sua obediência a Lei da liberdade será libertada.
    Um livro ficticio que gosto muito, chamado PROJETO SUNLIGHT ( http://www.4shared.com/office/6POfhb37/projeto_sunlight_-_june_strong.html ), LEIA E COMPRE! Narra de forma muito bem arquitetada os ultimos momentos do planeta terra. Todos deveriam ler.

    ResponderExcluir