sábado, 21 de dezembro de 2013

Por que o Natal é celebrado no dia 25 de Dezembro?


Há uma relação entre a celebração do Natal e o Solstício de inverno, já que o Natal diz respeito a luz que veio ao mundo e o solstício representava o momento em que a luz do dia começa a vencer as trevas da noite. O período de trevas da noite torna-se cada vez maior até a chegada do solstício de inverno, quando o aumento da noite chega ao fim e a luz do período diurno começa a aumentar gradativamente, a ponto de sobrepujar as trevas da noite. Os povos antigos do hemisfério norte celebravam o solstício de inverno no dia 25 de Dezembro, data escolhida para a celebração da chegada da verdadeira luz que vinda ao mundo ilumina a todo o homem. Os pagãos que adoravam ao sol, passaram, então, a adorar a verdadeira luz do mundo! 

O Natal de Jesus merece ser comemorado todos os dias, até mesmo no dia 25 de Dezembro!  É natural que as pessoas queiram iluminar suas casas e decorá-las para a celebração de uma data tão festiva. Os cristãos devem aproveitar a ocasião para falar sobre o verdadeiro sentido do Natal em vez de ficarem falando contra ele. 

Um feliz Natal para todos!
Bispo Ildo Mello

quinta-feira, 19 de dezembro de 2013

Por que o Natal existe?


Por que o Natal existe?

Por causa dos nossos pecados
  • Deus nos criou a sua imagem e semelhança para dividir conosco o seu amor (Gn 1.27)
  • O homem pecou e virou as costas para Deus (Gn 3.6)
  • O pecado gerou maldição e morte (Rm 6.23)
  • Mas, lá no Éden, recebemos uma promessa de vitória (Gn 3.15)
  • Jesus venceu a tentação, venceu a morte e venceu a Satanás! (Mt 4.1-11; At 2.24 e Cl 2.15)


Para satisfazer a justiça divina
  • Deus é amor, mas também é santo e justo. (Sl 145.17 e 2Tm 4.8)
  • A justiça exige a punição do pecado e o amor deseja oferecer o perdão.
  • Jesus, movido por amor, esvaziou-se de sua glória, e se fez carne para pagar a nossa dívida, morrendo pelos nossos pecados . Expiação significa a satisfação de um exigência. Jesus satisfez a justiça divina. Pelas suas feridas fomos sarados. (Is 53.5 e Fp 2.8).
  • Em seu livro “Mais que um Carpinteiro”, Josh MacDowell conta que uma jovem da Califórnia foi detida e levada ao tribunal por excesso de velocidade. O juiz lhe perguntou: “você se declara culpada?” A moça respondeu que sim. Então, o juiz bateu o martelo e multou-a em 100 dólares. Depois, aconteceu algo surpreendente. O juiz deixou o seu lugar, tirou a sua toga, postou-se ao lado da jovem, retirou a carteira do bolso e pagou a multa! O Juiz era o pai da moça e a amava muito, mas, ao mesmo tempo, ele era um juiz íntegro e tinha de cumprir as exigências da lei.
  • Um dos meus filhos, quando criança, quebrou um aparelho de vídeo cassete, eu amorosamente o perdoei, mas tive de arcar com o prejuízo! Alguém tem de pagar o preço para que haja o perdão. Alguém tem de arcar com as consequências do pecado. O salário do pecado é a morte, e para nos livrar dela, foi que Cristo morreu em nosso lugar.

Natal existe porque o Criador não desistiu de sua criação. Seu amor é tão grande a ponto dele ser capaz de sacrificar-se para a nossa salvação. “Porque a graça de Deus se manifestou salvadora a todos os homens. Ela nos ensina a renunciar à impiedade e às paixões mundanas e a viver de maneira sensata, justa e piedosa nesta era presente” ( Tt 2.11-12).

quarta-feira, 11 de dezembro de 2013

Debate no programa Vejam Só sobre a questão: "Quando ocorre a regeneração: Antes ou depois que a pessoa crê?"

Debate no programa Vejam Só sobre a questão: "Quando ocorre a regeneração: Antes ou depois que a pessoa crê?"

Mediador: Éber Cocareli

Debatedores:
  • Bispo José Ildo Swartele de Mello (arminiano) 
  • Pr. Ricardo Moura Lopes Coelho (calvinista)


sábado, 7 de dezembro de 2013

Um singelo tributo a Mandela

"Bem-aventurados os que têm fome e sede de justiça, porque eles serão fartos;" (Mt 5:6).

Nelson Mandela mudou a história de seu país e influenciou o mundo. Ele foi o maior ícone da luta contra o apartheid e também um ícone da paz, pois quando assumiu a presidência da Africa do Sul não usou de revanchismo. Isto se deve ao seu coração comprometido com o Senhor Jesus Cristo, que é o Príncipe da Paz!

A mãe de Mandela era uma metodista, e Nelson seguindo seus passos estudou numa escola Missionária Metodista. A educação de Mandela foi permeada de formação cristã por influência de sua mãe. Ele foi batizado na igreja Metodista e seguiu como membro metodista fiel até o dia de sua morte.

"Eu não sou um santo, a menos que você ache que um santo seja um pecador que continua tentando fazer o seu melhor." Nelson Mandela. 

segunda-feira, 25 de novembro de 2013

Nascer de novo é uma condição para herdar a vida eterna



Enquanto os universalistas ensinam que todos estão salvos, Jesus ensinou que todos estão condenados e que a única esperança de salvação é a fé no Filho de Deus. "Quem nele crê não é condenado, mas quem não crê já está condenado, por não crer no nome do Filho Unigênito de Deus. Este é o julgamento: a luz veio ao mundo, mas os homens amaram as trevas, e não a luz, porque as suas obras eram más." (João 3:18-19).

Até o religioso Nicodemus precisava nascer de novo para herdar a vida eterna. Respondeu Jesus: "Digo-lhe a verdade: Ninguém pode entrar no Reino de Deus, se não nascer da água e do Espírito". (João 3:5)

"Quanto à antiga maneira de viver, vocês foram ensinados a despir-se do velho homem, que se corrompe por desejos enganosos, a serem renovados no modo de pensar e a revestir-se do novo homem, criado para ser semelhante a Deus em justiça e em santidade provenientes da verdade". (Ef 4.22)

"Entre vocês não deve haver nem sequer menção de imoralidade sexual nem de qualquer espécie de impureza nem de cobiça; pois estas coisas não são próprias para os santos. Não haja obscenidade nem conversas tolas nem gracejos imorais, que são inconvenientes, mas, ao invés disso, ação de graças. Porque vocês podem estar certos disto: nenhum imoral nem impuro nem ganancioso, que é idólatra, tem herança no Reino de Cristo e de Deus. Ninguém os engane com palavras tolas, pois é por causa dessas coisas que a ira de Deus vem sobre os que vivem na desobediência." (Efésios 5:3-6).

Portanto, os que buscam a vida eterna, precisam nascer de novo, através da fé em Jesus Cristo, que nos regenera pela ação do seu Espírito (Tito 3.5), capacitando-nos a viver como filho de Deus.

segunda-feira, 18 de novembro de 2013

Série Dia Teológico: Escatologia (vídeo 6) - 144.000 (+playlist)



Quem são os 144.000 de Apocalipse?

Combatendo o universalismo



O universalismo é heresia porque:
  1. Prega a salvação incondicional de toda a raça humana, enquanto a Bíblia ensina que a salvação é mediante a fé (Jo 3.16, Rm 10.10 e Ef 2.8);
  2. Prega que são largos o caminho e a porta de salvação, enquanto Jesus ensina exatamente o contrário (Mt 7.13,14);
  3. Prega que o Espirito Santo está sussurrando aos ouvidos de cada ser humano: "você é um filho de Deus. Nenhuma condenação há para você", enquanto Jesus afirmou que o papel do Espírito Santo é "convencer o homem do pecado, da justiça e do Juízo" (Jo 16.8);
  4. Nega o Juízo Final, enquanto a Bíblia ensina que haverá um dia de Juízo Final (Mt 25.31s; Hb 9.27; 10.27; Rm 2.2 e 16; 2Tm 4.1; 2Pe 2.9; 3.7; Ap 20.13);
  5. Nega a condenação do inferno, enquanto a Bíblia ensina que o inferno é uma ameaça real (Mt 5.22; 23.33 e 25.46; Mc 9.45; Lc 12.5; 13.28; Jo 15.6 e Ap 20.15);
  6. Torna irrelevantes o arrependimento e a fé para a salvação, pois ensina que todos serão incondicionalmente salvos;
  7. Torna irrelevante também a pregação do Evangelho para a salvação, pois afirma que todos serão salvos;
  8. Serve de incentivo para a imoralidade, pois as pessoas podem deitar e rolar no pecado se acreditarem que isto não os afastará da salvação;
O Apóstolo Pedro adverte a todos os cristãos, dizendo: "entre vós haverá também falsos doutores, que introduzirão encobertamente heresias de perdição". De modo semelhante, Paulo alerta: "E dentre vocês mesmos se levantarão homens que torcerão a verdade, a fim de atrair os discípulos" (Atos 20:30).

Portanto, todo cuidado é pouco!

sábado, 16 de novembro de 2013

O Segundo Toque e as Duas Cruzes - Mensagem ao CONOR 2013

A heresia do universalismo

No vídeo abaixo, o Pr. Ed René Kivitz diz que, anteriormente, pensava que apenas os cristãos seriam salvos, mas que, agora, está cada vez mais convicto de que toda a raça humana será salva. E que isto, sim, é uma boa notícia e não a pregação que condiciona a salvação ao arrependimento e a fé em Jesus. Para ele a boa notícia é dizer a todos, indistintamente: “você é um filho de Deus. Deus não está irado contra você.”

Universalistas, como Kivitz, pregam a salvação incondicional de toda a raça humana. O ensino de Cristo sobre o caminho estreito e apertado que conduz a salvação e também todos aqueles que dizem respeito ao Juízo Final e a condenação do inferno são descartados numa tentativa de deixar o Evangelho mais digerível e agradável ao paladar da sociedade contemporânea. Do ponto de vista do universalismo, os religiosos e os não religiosos, os crentes e os ateus, os cristãos e os adoradores da Besta, os honestos e os desonestos, os apóstolos e os fariseus a quem Jesus chamou de raça de víboras, até mesmo Hitler, todos, sem exceção, herdarão o Reino do Céus.

Enquanto Jesus diz: "Bem-aventurados os pobres de espírito, porque deles é o reino dos céus", o universalismo diz: "Bem-aventurados os soberbos, porque deles também é o reino dos céus"; enquanto Jesus diz: "Bem-aventurados os limpos de coração, porque eles verão a Deus", o universalismo diz: "Bem-aventurados os impuros de coração, porque eles também verão a Deus"; Enquanto Jesus diz: "Bem-aventurados os que sofrem perseguição por causa da justiça, porque deles é o reino dos céus; (Mt 5:10), o universalismo diz: "Bem-aventurados os corruptos opressores, porque deles também é o reino dos céus; Enquanto Jesus diz: "Vigiai, pois, em todo o tempo, orando, para que sejais havidos por dignos de evitar todas estas coisas que hão de acontecer, e de estar em pé diante do Filho do homem" (Lc 21:36), o universalismo diz: "Não é necessário vigiar para que sejais havidos por dignos de evitar todas estas coisas que hão de acontecer, e de estar em pé diante do Filho do homem, pois todos serão salvos e estarão em pé diante do Filho do homem.

O universalismo torna irrelevante o arrependimento e a fé para a salvação, visto que, segundo este ponto de vista, todos acabarão sendo salvos no final das contas. Torna irrelevante também a pregação do Evangelho e serve de incentivo para a imoralidade.

No entanto, há muitos textos bíblicos ensinando a salvação através da pregação do Evangelho e que haverá um dia de Juízo Final quando se dará a separação entre salvos e perdidos. “Se o nome de alguém não foi encontrado no livro da vida, este foi lançado no lago de fogo” (Ap 20:15). Paulo também fala sobre o Juízo Final: “Contudo, por causa da sua teimosia e do seu coração obstinado, você está acumulando ira contra si mesmo, para o dia da ira de Deus, quando se revelará o seu justo julgamento” (Rm 2:5).

Deus é amor, mas também é justo juiz e fogo consumidor (Hb12.29). Jesus disse que no dia do Juízo Final haverá separação eterna entre salvos e perdidos (Mt 25.31-46). Ele também ensinou que o destino dos perdidos será o inferno: “Se o teu olho direito te faz tropeçar, arranca-o e lança-o de ti; pois te convém que se perca um dos teus membros, e não seja todo o teu corpo lançado no inferno” (Mt 5.29). Jesus também afirmou: “Se alguém não permanecer em mim, será como o ramo que é jogado fora e seca. Tais ramos são apanhados, lançados ao fogo e queimados” (Jo15:6).

Portanto, cuidado com esta perigosíssima heresia.


Bispo José Ildo Swartele de Mello


Vídeo que mostra o Pr. Kivitz ensinando a salvação de toda a raça humana.

quarta-feira, 13 de novembro de 2013

Série Dia Teológico: Escatologia (vídeo 4) - Refutando o pré-tribulacion...

http://www.youtube.com/v/VW5-BDdNDqE?version=3&list=PLjRPM3CA2RwIVFHDleNKbdYxf4L1MH2g9&feature=share&autoplay=1&autohide=1&attribution_tag=LLTda8BrFdpYBK4z0jLgow&showinfo=1

quarta-feira, 6 de novembro de 2013

Gravação do Programa Vejam Só de 05/11/13 debatendo a Questão do Milênio

Programa Vejam Só de 05/11/13 debatendo a Questão do Milênio Apocalíptico. Convidados: Rev. EDENILSON LEARDINI da Igreja Apostólica "Cristo em Vós" - E-mail: eleardini@terra.com.br Bispo José Ildo Swartele de Mello da Igreja Metodista Livre - E-mail: ildomello@gmail.com - Blog: www.escatologiacrista.blogspot.com Mediador: Rev. Éber Cocareli Recomendo a leitura do seguinte estudo sobre escatologia: http://pt.scribd.com/doc/179968611/Escatologia

Escatologia by José Ildo Swartele de Mello

segunda-feira, 4 de novembro de 2013

Relativismo de Pilatos



Relativismo de Pilatos

"Então, você é rei! ", disse Pilatos. Jesus respondeu: "Tu dizes que sou rei. De fato, por esta razão nasci e para isto vim ao mundo: para testemunhar da verdade. Todos os que são da verdade me ouvem".
"Que é a verdade?" perguntou Pilatos.
Pilatos não quis saber da Verdade; não arriscou sua posição, lavou as mãos  e virou as costas para Jesus, que foi crucificado.

http://pt.scribd.com/doc/181276948/Todos-os-caminhos-levam-a-Deus

sábado, 2 de novembro de 2013

terça-feira, 29 de outubro de 2013

Apresentação em PowerPoint da Palestra do Curso de Escatologia

O curso de escatologia promovido pela Faculdade de Teologia Metodista Livre começa hoje à noite, a partir das 19:30 h e vai até Sexta, no templo da imel de Mirandópolis, Rua das Rosas, 445. Segue em anexo a apresentação em PowerPoint da palestra da noite de hoje. Participem e divulguem. Entrada franca!

segunda-feira, 28 de outubro de 2013

Palestras aos pastores wesleyanos (playlist)


2 palestras do Bispo Ildo aos pastores da terceira região da Igreja Metodista Wesleyana no retiro Monte Hermom e 26 de Outubro de 2013.

domingo, 27 de outubro de 2013

Palestras aos pastores wesleyanos

Palestra aos pastores wesleyanos on Mixcloud

Palestras do Bispo Ildo Mello aos pastores da Igreja Metodista Wesleyana da Terceira Região no dia 26 de Outubro no Acampamento Monte Hermom.

terça-feira, 22 de outubro de 2013

Fraternidade Wesleyana de Santidade



Denominações de origem wesleyana unindo-se em torno da mensagem de santidade para que a Igreja de Cristo possa ser bem sucedida em sua missão de salgar e iluminar o mundo através do autêntico testemunho do Evangelho.

Site: http://santidadeeunidade.org/
Blog: http://santidadeeunidade.blogspot.com.br/

Base Bíblica para o Batismo Infantil - Vídeo com apresentação

terça-feira, 15 de outubro de 2013

Além do horizonte

Era madrugada do dia 14 de junho de 87, quando acordei com meu pai batendo à porta de nossa casa para avisar que minha avó estava prestes a dar o último suspiro. Como morávamos bem perto, Cristina e eu nos levantamos e fomos imediatamente na direção da casa dela a fim de vê-la. Quando chegamos lá, ela já havia falecido. Ali encontramos minha mãe, os meus irmãos e os meus tios Bubi, Ana e Joel que estavam serenos, num silêncio contemplativo. Afinal de contas, minha avó Rosa havia servido ao Senhor Jesus por toda a sua vida com muito amor e inabalável confiança nas Sagradas Escrituras. Era um momento solene de despedida, recheado de doces lembranças, como também de íntima reflexão sobre o significado da vida, o drama da morte e a esperança de vida eterna em Cristo Jesus.

Passado um tempo, meus pais e meus irmãos se retiraram para cuidarem dos trâmites do enterro e minha mãe e meus tios Bubi e Ana saíram para o quintal. Cristina e eu também deixamos o quarto para prepararmos um café, de modo que, apenas o meu tio Joel ficou ali ao lado do corpo da minha avó. De repente, quando estávamos na cozinha, percebemos que meu tio ligara um rádio. Achamos aquilo impróprio para a ocasião, tanto que pensei em me dirigir ao quarto para, com jeito, solicitar a ele que desligasse o rádio. Mas, foi aí que eu fiquei ainda mais surpreso, ao notar que a canção que estava tocando era aquela do Roberto Carlos que diz: "Além do horizonte deve ter algum lugar bonito pra viver em paz, onde eu possa encontrar a natureza, alegria e felicidade com certeza...". Pois, mesmo ciente de se tratar de uma canção romântica, tais versos serviram para mim como uma voz profética apontando para o estado de beleza e felicidade que há no Paraíso Celestial em que minha avó agora se encontrava. Sabe, parece que o meu tio também entendeu assim, tanto que, após ouvir este trecho da canção, ele, de maneira espontânea e respeitosa, desligou o rádio! Entendemos aquilo como um sinal divino. Deus transformou algo irreverente e inadequado em algo condizente com a ocasião e com a memória de alguém que viveu para Deus. Uma confirmação também de que além do horizonte existe realmente um lugar para os que confiam em Jesus!

Bispo Ildo Mello

quarta-feira, 2 de outubro de 2013

Os 3 Gemidos de Romanos 8

O Apóstolo Paulo discorre sobre três gemidos no capítulo 8 de Romanos. O primeiro é o gemido de toda a Criação que muito sofre em decorrência do pecado humano (v. 22) e o profeta Isaías diz que "a terra geme e desfalece" (Is 33.9), o segundo é o gemido dos cristãos que não estão imunes as tribulações da vida (v. 22), e, por fim, Paulo diz que o Espírito Santo também geme em seu ministério compassivo de intercessão em favor dos cristãos que não sabem orar de maneira conveniente (v. 26).

Deus ama o mundo de maneira profunda e não é indiferente a dor e ao sofrimento humano. "Por causa da opressão dos pobres e do gemido dos necessitados, eu me levantarei agora, diz o SENHOR; e porei a salvo a quem por isso suspira" (Salmos 12:5).

Jesus, que é a exata expressão de Deus Pai (Hb 1.3), ao ver as multidões, compadecia-se delas “porque estavam aflitas e desamparadas” (Mt 9.38). Movido por compaixão, Jesus libertou os cativos e oprimidos, curou os enfermos, perdoou pecados e concedeu a vida eterna (Lc 4.18-19). As pessoas iam a Jesus em busca de socorro como o cego de Jericó (Lc 18.35-42), ou eram levadas a ele com o auxílio de amigos como aconteceu com o paralítico de Cafarnaum (Mc 2.1-12). E, em muitas ocasiões, o próprio Jesus foi quem tomou a iniciativa de socorrer os aflitos movido por uma íntima e profunda compaixão, como no caso da ressurreição do filho da viúva de Naim (Lc 7.11-17)!

Deus se importa com todos os que sofrem. Não apenas com suas almas, mas também com seus corpos, sentimentos e com todas as circunstâncias de suas vidas. Ele ouviu o gemido do povo no passado ( Ex 2.24) e continua ouvindo com sensibilidade e se movendo por compaixão, levantando profetas como Moisés, para que sirvam como agentes de salvação e libertação no Mundo atual.

Bispo Ildo Mello









terça-feira, 1 de outubro de 2013

Programa Vejam Só: Arminianismo vs Calvinismo



Programa Vejam Só que foi ao ar no 16/07/2013, debatendo o tema "O homem natural é totalmente depravado, ou restou algo da 'Imago Dei'?"

Debatedores, representando o Arminianismo: Bispo José Ildo Swartele de Mello, Presidente Nacional da Igreja Metodista Livre; representando o Calvinismo: Rev. Davi Charles Gomes, Chanceler da Universidade Presbiteriana Mackenzie.

segunda-feira, 23 de setembro de 2013

Um Deus acessível



Breve mensagem sobre como o ser mais poderoso do Universo se apresenta tão próximo e acessível a todos, sem distinção, na pessoa de Seu Filho, Jesus Cristo.

sábado, 24 de agosto de 2013

Oração é realidade!

"Aqueles que oram não só têm rosto melhor, têm vida melhor atrás de seu rosto - têm mais vigor, mais pureza, mais paz, mais equilíbrio.

'No falar com Deus
Não se perde nenhum sopro - Fale!
No andar com Deus
Não se perde energia alguma - Ande!
No esperar em Deus
Não se perde tempo - Espere!'"

(Quando orar como Jesus orou - Stanley Jones - No Cenáculo - 3a. Edição - páginas 9 e 10)

quinta-feira, 22 de agosto de 2013

Quer ser feliz? Então...

"Agora que vocês sabem estas coisas, felizes serão se as praticarem.” (João 13.17)

A felicidade não está no conhecimento da Palavra de Deus, mas na obediência e prática do ensino de Cristo. Assim como o Verbo se fez carne e habitou entre nós, assim também devemos encarnar a Palavra de Deus, vivenciando-a em nosso cotidiano (Jo 1.14).

Jesus comparou os que ouvem, mas não obedecem as suas palavras aos que constroem suas casas sobre a areia. Tais projetos de vida estão fadados ao fracasso. Mas, felizes serão todos os que, prudentemente, edificarem suas casas sobre o sólido fundamento da obediência (Mt 724-27). E Tiago igualmente exorta: "Sejam praticantes da palavra, e não apenas ouvintes, enganando-se a si mesmos" (Tg 1.22).

Quer ser feliz? Então, obedeça a Deus, pois a verdadeira felicidade passa pela obediência.


No amor do Senhor,
Bispo Ildo Mello

segunda-feira, 19 de agosto de 2013

Não tenha medo, Jesus está vivo!



Chegada, pois, a tarde daquele dia, o primeiro da semana, e cerradas as portas onde os discípulos, com medo dos judeus, se tinham ajuntado, chegou Jesus, e pôs-se no meio, e disse-lhes: Paz seja convosco. (João 20:19)

Por que estais perturbados, e por que sobem tais pensamentos aos vossos corações? (Lucas 24:38)

Não se turbe o vosso coração; credes em Deus, crede também em mim. (João 14:1)

Deixo-vos a paz, a minha paz vos dou; não vo-la dou como o mundo a dá. Não se turbe o vosso coração, nem se atemorize. (João 14:27)
 

4 encontros com Cristo no Cenáculo


1. O cenáculo e a cruz
2. O cenáculo e a ressurreição
3. O cenáculo e Tomé
4. O cenáculo e o derramamento do Espírito Santo

E quando cenáculo tremeu!

Baseado em João 20:19-23.

Jesus lhes disse: "Por que vocês estão perturbados e por que se levantam dúvidas em seus corações? (Lucas 24.38)

Não se turbe o vosso coração; credes em Deus, crede também em mim. (João 14:1)

Deixo-vos a paz, a minha paz vos dou; não vo-la dou como o mundo a dá. Não se turbe o vosso coração, nem se atemorize. (João 14:27)

sexta-feira, 16 de agosto de 2013

Programa Vejam Só debatendo: Qual a importância de conhecermos a hierarquia dos Anjos e demônios?



Programa Vejam Só exibido em 15/08/13
Qual a importância de conhecermos a hierarquia dos Anjos e demônios?
Convidados:
Bp. JOSÉ ILDO MELLO
Presidente Nacional da Igreja Metodista Livre/ Capelão da FTML
escatologiacrista.blogspot.com.br E-mail: ildomello@gmail.com
Pr. ROGÉRIO MARUCCI
Comunidade Cristã Worship
Site: www.comunidadecristaworship.com.br
E-mail: rogermarucci@yahoo.com

quarta-feira, 14 de agosto de 2013

Livre-arbítrio e a verdadeira adoração

Os anjos, assim como os seres humanos, foram dotados do dom do livre-arbítrio. Sabemos que os anjos adoram a Deus. E uma verdadeira adoração pressupõe verdadeiro amor. E só pode haver verdadeiro relacionamento de amor se houver liberdade para não amar. De outro modo, as expressões de amor seriam totalmente artificiais ou "robotizadas". Deus não criou o mal. O mal surge do mau uso da liberdade angelical e humana. Tal liberdade é uma coisa muito boa, mas, ao mesmo tempo, perigosa. Deus sabia dos riscos, mas escolheu criar seres livres a fim de buscar verdadeiros adoradores que o adorem em Espírito e em Verdade!

Expiação

A justiça de Deus é plenamente satisfeita através do sacrifício de Jesus. O sangue de Jesus derramado em favor de todos os homens é a única base de salvação. O propósito da encarnação está em que o Filho, que é o Logos do Criador, o verdadeiro e eterno Deus, composto da mesma substância do Pai, tomou a natureza humana no ventre da virgem, de modo que duas naturezas perfeitas e completas, isto é, a divina e a humana, se uniram em uma só pessoa, para nunca mais se separarem, das quais resultou Cristo, verdadeiro Deus e verdadeiro homem, que realmente sofreu, foi crucificado, morto e sepultado, para nos reconciliar com o Pai, e para ser um sacrifício, não só pela culpa original, mas também pelos pecados atuais dos homens. "Ele é a propiciação pelos nossos pecados, e não somente pelos nossos, mas também pelos pecados de todo o mundo" (1 João 2:2).

A expiação é universal. Isso não significa que toda a humanidade será incondicionalmente salva, mas que a oferta sacrificial de Cristo satisfez as exigências da lei divina e tornou a salvação uma possibilidade para todos. Pois, Deus, "nosso Salvador, deseja que todos os homens sejam salvos e cheguem ao conhecimento da verdade. Pois há um só Deus e um só mediador entre Deus e os homens: o homem Cristo Jesus, o qual se entregou a si mesmo como resgate por todos" (1 Timóteo 2:3-6). E a condição está em que recebamos com fé a dádiva gratuita da salvação (João 3.16 e Efésios 2.8-9). "Se você confessar com a sua boca que Jesus é Senhor e crer em seu coração que Deus o ressuscitou dentre os mortos, será salvo" (Romanos 10:9). E "todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo" (Romanos 10:13-14). Eis o convite de Deus a todos os homens: "Quem tiver sede, venha; e quem quiser, beba de graça da água da vida" (Apocalipse 22:17).

Baseado na leitura que fiz esta manhã da Teologia Cristã de H. Orton Wiley: Christian Theology - Chapter 24: http://wesley.nnu.edu/other-theologians/henry-orton-wiley/h-orton-wiley-christian-theology-chapter-24/

segunda-feira, 5 de agosto de 2013

Se Deus é onipotente e bom, por que existe o mal no mundo?



Se Deus é onipotente e bom, por que existe o mal no mundo?

O calvinismo não oferece uma resposta satisfatória a esta importante questão, pois seu conceito determinista faz de Deus a causa primária de todos os males. Esta mensagem apresenta o ponto de vista arminiano que responde esta pergunta fazendo jus ao caráter amoroso de Deus revelado em Cristo Jesus.

Esta mensagem trata também da questão do livre-arbítrio, graça preveniente e sobre como a graça salvadora se manifesta de modo resistível.

https://soundcloud.com/bispoildo/se-deus-onipotente-e-bom-por

sábado, 20 de julho de 2013

Fotos, áudio e vídeos da Vigília do Distrito Alto Tietê!

Fotos, áudio e vídeos da Vigília do Distrito Metodista Livre do Alto Tietê que reúne as seguintes igrejas: Jundiapeba, Vila Natal, Braz Cubas, Mogi das Cruzes Centro, Jd. Margarida, e Jd. Sta. Inês. Noite de 19 para 20 de Julho de 2013. Quase todos os pastores estiveram presentes, apenas o Pr. Daniel de Vila Natal não pode participar por motivo de viagem. Que bom ver a unidade, o fervor e a visão das igrejas e pastores deste distrito. Foi maravilhoso também ver tanta gente sendo despertada pelo Espírito para o ministério pastoral! Saí da vigília renovado! (Bispo Ildo Mello).

Vídeos:


Áudio de algumas mensagens, infelizmente não consegui gravar todas:


Fotos

Vigília do Distrito Metodista Livre do Alto TietêPr. Ed Souza dando início da vigília do distrito Alto Tietê da Igreja Metodista Livre!Que bom ver o povo reunido para adorar e buscar ao Senhor!Reunidos em vigilia na imel de Mogi das CruzesVigiliaPr. Ed Souza falando na vigília do Distrito Metodista Livre do Alto Tietê
Pr. Ed Souza dirigindo a vigília fo distrito Alto Tietê!Abençoada vigília do distrito Alto Tietê!Pr. Ed Souza liderando a vigília do Alto TietêPra. Rosemeire falando na Vigília do Alto TietêPra. Rosemeire falando na vigília do Alto TietêPra. Rose na vigília do distriyo Alto Tietê
Pr. Carlos Gonçalves falando na vigília do distrito Alto TietêVigília do Alto TietêVigília na Imel de Mogi das CruzesImel de Mogi das CruzesQueridas irmãs preparando delicioso lanche para o intervalo da vigíliaQueridas irmãs preparando o lanche do intervalo da vigilia!
Apresentação de um grupo de adolescentes da imel de Jd. Sta. Inês de Suzano.adolescentes da imel de Jd. Sta. Inês na vigíliaJovens da IMel de Jardim Santa Inês na Vigília do Ato Tietêmocidade da imel de SuzanoPr. Edilson da Imel de Jundiapeba - Mogi das Cruzes - falando na VigíliaPr. Edilson da imel de Jundiapeba
Vigília do Distrito Metodista Livre do Alto Tietê, um álbum no Flickr.

Deus está fazendo grandes coisas em nosso meio, por isto estamos tão alegres!
Bispo Ildo Mello 

sexta-feira, 19 de julho de 2013

Fraternidade Wesleyana de Santidade reunida em 18/07/13

fraternidade wesleyana de santidade em 18/07/13fraternidade wesleyana de santidade em 18/07/13fraternidade wesleyana de santidade em 18/07/13fraternidade wesleyana de santidade em 18/07/13fraternidade wesleyana de santidade em 18/07/13fraternidade wesleyana de santidade em 18/07/13
fraternidade wesleyana de santidade em 18/07/13fraternidade wesleyana de santidade em 18/07/13Pr. Fernando pregando no encontro da fraternidade.dr. Kevin Mannoia dando palestra no encontro da Fraternidade Wesleyana de Santidade.Dr. Kevin Mannoia dando palestra no encontro da Fraternidade Wesleyana de Santidade.Kevin falando à fraternidade wesleyana de santidade
Pr. Levi, líder da Fraternidade wesleyana do Distrito Federal, participando de nosso encontro em São Paulo.

Fraternidade Wesleyana de Santidade reunida em 18/07/13 na imel de Vila Moraes, que nos recebeu com um delicioso café da manhã e sua equipe de músicos nos conduziu em um momento de adoração a Deus.

O Pr. Fernando, superintendente da Igreja do Nazareno do sudeste paulista, trouxe uma excelente mensagem baseada no texto de Atos 28, estabelecendo um paralelo entre as experiências da dura viagem de Paulo e o ministério pastoral. Link: youtu.be/g4b6O3iTYmg

Depois, tivemos um tempo de oração uns pelos outros.

O Dr. Kevin Mannoia falou sobre vocação, não apenas pastoral, mas de toda e qualquer espécie. Tratando do adequado balanço entre paixão e preparo, além de ter deixado claro o que é que atribui valor a nossa vida e vocação. Muita sabedoria de Deus para as nossas vidas! Não deixem de assistir! Link: youtu.be/Arfrg5bYwoM

As mensagens deste encontro também estão disponíveis em áudio: http://snd.sc/1dJD104

Pr. Levi, um dos líderes da Fraternidade do Distrito Federal esteve presente ao nosso encontro e deu relatório sobre a unidade e atividades dos líderes weleyanos no coração do Brasil, o que alegrou e animou a todos.

Louvo a Deus pelo mover do Espírito que nos leva a unidade e a missão de espalhar o Evangelho regenerador e restaurador por toda a terra.

Em amor,
Bispo Ildo Mello

Piedade e Competência



Excepcional palestra do Dr. Kevin Mannoia sobre vocação, não apenas pastoral, mas de toda e qualquer espécie. Trata do adequado balanço entre paixão e preparo, além de deixar claro o que é que atribui valor a nossa vida e vocação. Muita sabedoria de Deus para as nossas vidas! Não deixem de assistir!

O ministério pastoral é como uma viagem



Pr. Fernando, superintendente da Igreja do Nazareno, pregando no encontro da Fraternidade Wesleyana de Santidade realizado no dia 18 de Julho de 12 na imel de Vila Moraes.

quarta-feira, 17 de julho de 2013

Debate entre calvinismo e arminianismo (áudio do Programa Vejam Só)




Debate sobre o primeiro dos cinco pontos do calvinismo no Programa Vejam Só tendo como representante do calvinismo o Chanceler do Mackenzie Dr. Davi Charles e como representante do arminianismo o Bispo José Ildo Swartele de Mello da Igreja Metodista Livre. Como já era de se esperar, quanto a este tópico, não houve muita discussão. A posição do Dr. Davi foi bastante razoável a respeito e houve concordância. Passamos, então a discutir questões relacionadas ao livre-arbítrio, graça-preveniente, graça irresistível, expiação ilimitada ou limitada, determinismo etc.

Neste curto debate, procurei falar a verdade em amor. Tomei cuidado para não atentar contra a unidade do Corpo de Cristo. Lembrando das palavras de Wesley: "se o teu coração é igual ao meu, dá-me a mão e meu irmão será!" O tom do debate foi muito respeitoso!

Seguem as 6 perguntas que preparei para este debate, mas só 3 foram feitas devido a limitação de tempo. Por falar nisto, até me surpreendi quando o Eber disse que o programa chegara ao fim, pois, como ele havia dito que cada um de nós faria 6 perguntas e que cada um teria 3 minutos responder a cada uma, e porque também, no final, eu só havia feito e respondido 3 perguntas, nem atentei para o relógio, e fiquei com a nítida impressão de que estávamos na metade do debate e que eu ainda teria bastante tempo para argumentar. O tempo é cruel. Só deu para arranhar o assunto!

Perguntas


1) Se os calvinistas estão certos em afirmar que o homem é totalmente incapaz de responder a Deus com arrependimento e fé, então, como interpretar os inúmeros textos bíblicos que ordenam que todos os homens se arrependam e tenham fé em Deus? tais como:
  • "Mas Deus, não levando em conta os tempos da ignorância, manda agora que todos os homens em todo lugar se arrependam" (At 17.30).
  • "Porque a graça de Deus se há manifestado, trazendo salvação a todos os homens, ensinando-nos que, renunciando à impiedade e às concupiscências mundanas, vivamos neste presente século sóbria, e justa, e piamente" (Tt 2:11-12).
  • Vinde a mim, todos os que estai cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei (Mt 11.28).
  • Ora, no seu último dia, o grande dia da festa, Jesus pôs-se em pé e clamou, dizendo: Se alguém tem sede, venha a mim e beba (Jo 7.37).

2) Estaria Deus blefando todas as vezes que disse aos homens que eles tinham reais opções e poder de decisão? E olha que não são poucos os textos neste sentido. Um exemplo bem claro, e que aconteceu exatamente depois da Queda, é este: O Senhor disse a Caim: 
  • "Por que você está furioso? Por que se transtornou o seu rosto? Se você fizer o bem, não será aceito? Mas se não o fizer, saiba que o pecado o ameaça à porta; ele deseja conquistá-lo, mas você deve dominá-lo". (Gênesis 4:6-8). 

3) Como você interpreta o fato de Jesus culpar as cidades de Corazim e Betsaida por sua falta de fé e arrependimento, pois receberam milagres e manifestações da graça suficientemente fortes para crerem e se arrependerem, mas mesmo assim não creram? Sinais estes que seriam suficientes para a conversão de Tiro Sidom e Sodoma conforme as seguintes palavras de Jesus:
  • Ai de ti, Corazim! ai de ti, Betsaida! porque, se em Tiro e em Sidom fossem feitos os prodígios que em vós se fizeram, há muito que se teriam arrependido, com saco e com cinza. Por isso eu vos digo que haverá menos rigor para Tiro e Sidom, no dia do juízo, do que para vós. E tu, Cafarnaum, que te ergues até aos céus, serás abatida até aos infernos; porque, se em Sodoma tivessem sido feitos os prodígios que em ti se operaram, teria ela permanecido até hoje. Eu vos digo, porém, que haverá menos rigor para os de Sodoma, no dia do juízo, do que para ti (Mateus 11:21-24). 
  • E você concorda com Jesus que o destino de Sodoma poderia ter sido completamente outro caso presenciassem os milagres que Jesus fez em Corazim, assim como aconteceu com os ninivitas que se converteram em vista do sinal de Jonas? 
  • O rigor para Corazin será maior do que para Sodoma porque receberam mais sinais, mais graças, tiveram mais chances, mais possibilidades reais, mas, em vez de abraçarem a fé e o arrependimento, decidiram fechar os olhos, escolheram permanecer nos seus pecados.
  • Não fica evidente aqui que eles resistiram a graça e por isto se tornaram ainda mais culpáveis? Não é óbvio também que sua sentença está sendo agravada porque poderiam ter agido diferente diante de tantas evidências, mas, assim mesmo, resistiram a graça e não se converteram? Não fica claro aqui também que até Sodoma teria se convertido se tivesse tido a mesma oportunidade? Não é patente o fato de que Jesus está impressionado com a falta de fé dos habitantes de Corazim e Betsaida, pois tinham todas as condições para crerem e se arrependerem e mesmo assim decidiram permanecer nos seus pecados? 

4) Em 2 Coríntios 5.11 e 20, Paulo diz: Uma vez que conhecemos o temor ao Senhor, procuramos persuadir os homens... Portanto, somos embaixadores de Cristo, como se Deus estivesse fazendo o seu apelo por nosso intermédio. Por amor a Cristo lhes suplicamos: Reconciliem-se com Deus. Como você também responde ao argumento de que se Paulo fosse um calvinista ele não teria escrito isto porque saberia que os eleitos não precisam ser persuadidos e os não eleitos não podem ser persuadidos. E, ainda neste mesmo sentido, também pergunto, se, como dizem os calvinistas, já está predeterminado quem irá para o céu e quem irá para o inferno, de que vale orar em favor da conversão dos não alcançados e de que vale o esforço missionário se a minha oração e a minha pregação não produzirá nenhum mudança no quadro dos eleitos? E Por que Paulo batalharia tanto em favor da conversão de judeus e gentios? Como ele mesmo disse ter feito: "Tornei-me judeu para os judeus, a fim de ganhar os judeus. Para os que estão debaixo da lei, tornei-me como se estivesse sujeito à lei, a fim de ganhar os que estão debaixo da lei. Para os que estão sem lei, tornei-me como sem lei, a fim de ganhar os que não têm a lei. Para com os fracos tornei-me fraco, para ganhar os fracos. Tornei-me tudo para com todos, para de alguma forma salvar alguns". (1 Coríntios 9:19-22). Se a eleição fosse incondicional e a graça e a salvação irressistivelmente oferecida, tal esforço de Paulo não faria o menor sentido. Pois, como os esforços de Paulo poderiam "ganhar mais" almas como ele diz ter ganho?

5) Hebreus 3.12-14 diz: Vede, irmãos, que nunca haja em qualquer de vós um coração mau e infiel, para se apartar do Deus vivo. 13 Antes, exortai-vos uns aos outros todos os dias, durante o tempo que se chama Hoje, para que nenhum de vós se endureça pelo engano do pecado; 14-Porque nos tornamos participantes de Cristo, se retivermos firmemente o princípio da nossa confiança até ao fim." (Hb 3:12-14 ACF) - Como poderia o soberanamente eleito, o irresistivelmente atraído eleito, se afastar de Deus? E como poderia o não eleito fazer algo que não seja se afastar de Deus? Como os calvinistas ensinam que a graça é irresistível quando há tantos textos que mostram o contrário: OS JUDEUS RESISTIRAM AO ESPÍRITO SANTO -- "Homens de dura cerviz, e incircuncisos de coração e ouvido, vós sempre resistis ao Espírito Santo; assim vós sois como vossos pais." (At 7:51 ACF). JESUS QUERIA, MAS ISRAEL NÃO QUIS E NÃO ACONTECEU -- "Jerusalém, Jerusalém, que matas os profetas, e apedrejas os que te são enviados! Quantas vezes quis eu ajuntar os teus filhos, como a galinha ajunta os seus pintos debaixo das asas, e tu não quiseste!" (Mt 23:37 ACF). DEUS ESTENDEU SUA MÃO PARA ISRAEL, MAS ISRAEL O REJEITOU -- "Mas para Israel diz: Todo o dia estendi as minhas mãos a um povo rebelde e contradizente." (Rm 10:21 ACF). "De quanto maior castigo cuidais vós será julgado merecedor aquele que pisar o Filho de Deus, e tiver por profano o sangue da aliança com que foi santificado, e fizer agravo ao Espírito da graça?" (Hb 10:29 ACF)

6) O texto de Lucas 7.9 diz: "E, ouvindo isto Jesus, maravilhou-se dele, e voltando-se, disse à multidão que o seguia: Digo-vos que nem ainda em Israel tenho achado tanta fé." (Lc 7:9) - Os calvinistas dizem que o homem perdeu totalmente a capacidade de ter fé em Deus. Não podendo, portanto, responder ao Evangelho com fé, a não ser que Deus lhe conceda esta fé de maneira soberana e irresistível. Mas se fosse este o caso, como explicar a admiração de Jesus em face da fé do centurião? Por que Jesus elogiou a "grande fé" do homem se fosse algo meramente dado soberanamente por Deus?
Estaria Jesus sendo honesto ao dirigir-se a uma multidão dizendo: "Quem quiser pode vir a mim para receber a vida eterna", se fosse o caso de muitos ali estarem totalmente incapacitados a atender positivamente o seu chamado por não pertencerem ao grupo dos escolhidos?
Por que o diabo teria o trabalho de roubar a semente da Palavra de Deus de quem não tem a menor possibilidade de crer e se arrepender? O texto que lerei a seguir não indica que tanto da perspectiva de Jesus como também da do diabo, o homem possui sim capacidade para crer no Evangelho?
Os que estão à beira do caminho são os que ouvem; mas logo vem o Diabo e tira-lhe do coração a palavra, para que não suceda que, crendo, sejam salvos (Lc 8.12).



Para pensar

A graça e o amor de Deus para um calvinista são restritos e limitados aos que Deus predeterminou para a salvação antes da criação do mundo, os demais são desprezados, de modo que, por eles, Jesus jamais morreu. Ou seja, eles nunca foram objetos da graça e da compaixão de Deus e nunca tiveram a menor chance de salvação.

Ao meu ver, isto é incocebível com o caráter amoroso de Deus revelado em Cristo Jesus. Deus é amor! Deus amou o mundo de tal maneira! Deus não tem prazer na morte do ímpio, antes deseja que o ímpio se arrependa. Deus quer que todos sejam salvos! Somente que, quis Deus em sua soberania, que esta vontade não se impusesse pela força: "nem por força, nem por violência, mas pelo meu Espírito, diz o Senhor dos Exércitos". 

Por isto, Jesus escolheu o caminho de atrair e salvar os homens por intermédio da cruz (lembrando que foi Ele mesmo quem criou os homens dotados do dom do livre-arbítrio em alguma certa medida, e tudo o que Deus faz tem uma razão de ser). Jesus veio ao mundo de modo humilde, nasceu em uma estrebaria em Belem, entrou em Jerusalém como um Rei manso e humilde, montado em um jumentinho, ou seja, manifestando-se de modo frágil e resistível. 

Mesmo após a sua ressurreição, Ele segue se apresentando de modo gentil, batendo a porta. Ele oferece salvação e luz, mas muitos não o recebem, amando mais as trevas do que a luz. Ele chora em vista da rejeição de Israel e segue chorando em vista de tantos que seguem resistindo a sua graça. Mas, a tantos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus! 

E agora, estes que o receberam, precisam permanecer nesta luz. Pois se andarmos na luz como Ele está na luz, temos comunhão uns com os outros e o sangue de Jesus nos purifica de todo o pecado. Portanto, Deus amou o mundo inteiro e está conclamando todas as pessoas em todos os lugares para que venham a Cristo para experimentarem o perdão e a reconciliação. Pois, Cristo fez expiação em favor dos pecados do mundo inteiro. Ele é o Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo! Portanto, se hoje você ouvir a voz do Espírito Santo, não endureça o seu coração. Podemos dizer com certeza a qualquer ser humano: Arrependa-se e creia no Evangelho! 

Esta é uma boa notícia para todas as pessoas! Deus não faz acepção de pessoas! Jesus veio buscar e salvar aquele que estava perdido! Deus ama você!

Um grande abraço a todos,

Bispo José Ildo Swartele de Mello

A apostasia do Rei Salomão



Como é que um escolhido de Deus pôde ter se afastado tanto assim de Deus.


Salomão foi um homem de Deus.
Um escolhido
Teu filho Salomão é quem edificará a minha casa e os meus átrios, porque o escolhi para filho e eu lhe serei por pai (1 Crônicas 28:6).
Possuía o dom da sabedoria
Todos os reis do mundo procuravam ir ter com ele para ouvir a sabedoria que Deus lhe pusera no coração. (2Cr 9.23).
Cheio do Espirito escreveu textos bíblicos
Provérbios
Esclesiastes
Cantares
Alguns Salmos
Salomão adorava a Deus
E disse: Ó SENHOR, Deus de Israel, não há Deus como tu, em cima nos céus nem embaixo na terra, como tu que guardas a aliança e a misericórdia a teus servos que de todo o coração andam diante de ti; (1 Reis 8:23).
Salomão orou e o fogo desceu!
Tendo Salomão acabado de orar, desceu fogo do céu e consumiu o holocausto e os sacrifícios; e a glória do SENHOR encheu a casa.(2 Crônicas 7:1)
Mas...
Desobedeceu os mandamentos de Deus
Tampouco para si multiplicará mulheres, para que o seu coração se não desvie; nem multiplicará muito para si prata ou ouro. (Deuteronômio 17:17)
Tornou-se um idólatra
Amou Salomão muitas mulheres estrangeiras, mulheres das nações de que havia o SENHOR dito aos filhos de Israel:Não caseis com elas, pois vos perverteriam o coração, para seguirdes os seus deuses. A estas se apegou Salomão pelo amor. Tinha setecentas mulheres, princesas e trezentas concubinas; e suas mulheres lhe perverteram o coração. Sendo já velho, suas mulheres lhe perverteram o coração para seguir outros deuses; e o seu coração não era de todo fiel para com o SENHOR, seu Deus, como fora o de Davi, seu pai. (1 Reis 11:1-4).
Trouxe maldição sobre sua casa
Pelo que o SENHOR se indignou contra Salomão, pois desviara o seu coração do SENHOR… Visto que assim procedeste e não guardaste a minha aliança, nem os meus estatutos que te mandei, tirarei de ti este reino e o darei a teu servo. (1 Reis 11:9-11)
O perigo da apostasia
Será, porém, que, se de qualquer modo te esqueceres do SENHOR teu Deus, e se ouvires outros deuses, e os servires, e te inclinares perante eles, hoje eu testifico contra vós que certamente perecereis. (Deuteronômio 8:19);
O Espírito de Deus veio sobre Azarias, filho de Odede. Ele saiu para encontrar-se com Asa e lhe disse: “Escutem-me, Asa e todo o povo de Judá e de Benjamim. O Senhor está com vocês quando vocês estão com ele. Se o buscarem, ele deixará que o encontrem, mas, se o abandonarem, ele os abandonará.” (2 Crônicas 15:1-2);
Não Extingais o Espírito (1 Ts 5.19);
Mas aquele que perseverar até o fim será salvo (Mateus 24:13);
Firmarei para sempre o reino dele, se ele continuar a obedecer os meus mandamentos e as minhas ordenanças, como faz agora (1 Crônicas 28:7);
Àquele que vencer e fizer a minha vontade até o fim darei autoridade sobre as nações (Apocalipse 2:26);
Paulo disse: “. . . mas esmurro o meu corpo, e o reduzo à escravidão, para que, tendo pregado a outros, não venha eu mesmo a ser reprovado. . . ” (1 Co 9:27). No capítulo seguinte, ele diz que a incredulidade do povo de Israel no deserto, a idolatria e os pecados morais que os israelitas cometeram, acabaram atraindo o juízo de Deus, de modo que a maioria dos israelitas ficaram reprovados e prostrados no deserto (1 Co 10:1-5). Paulo adverte que essas coisas serviram de exemplo para nós que fazemos parte da Igreja (1 Co 10.6). Ele disse em 1 Co 10:14 – “Amados, fugi da idolatria”. Fica claro que Paulo tinha a preocupação de que a Igreja de Corinto agisse tal como os israelitas e, conseqüentemente fosse reprovada. Veja 1 Co 10:11 – “Essas coisas lhes sobrevieram como exemplos, e foram escritas para advertência nossa. . .” e “Aquele, pois, que pensa estar em pé, cuide para que não caia” (1 Co 10:12);
Se alguém não permanecer em mim, será lançado fora, à semelhança do ramo, e secará: e o apanham, lançam no fogo e o queimam (Jo 15.6);
Porquanto se, depois de terem escapado das corrupções do mundo, pelo conhecimento do Senhor e Salvador Jesus Cristo, foram outra vez envolvidos nelas e vencidos, tornou-se-lhes o último estado pior do que o primeiro. Porque melhor lhes fora não conhecerem o caminho da justiça, do que, conhecendo-o, desviaram-se do santo mandamento que lhes fora dado. Deste modo sobreveio-lhes o que por um verdadeiro provérbio se diz: O cão voltou ao seu próprio vômito, e a porca lavada ao lamaçal (2 Pe 2:20-22);
O autor de Hebreus também adverte para o risco de se perder a salvação e da necessidade da perseverança para se alcançar a promessa (Hb 6.4-8, 12; 10.26-38). E apresenta uma boa ilustração sobre o relacionamento da graça de Deus e as boas ações humanas, demonstrando que aqueles que recebem a graça devem produzir os respectivos e esperados frutos: “Porque a terra que absorve a chuva que frequentemente cai sobre ela e produz erva útil para aqueles por quem é também cultivada recebe bênção da parte de Deus, mas, se produz espinhos e abrolhos, é rejeitada e perto está da maldição; e o seu fim é ser queimada” (Hb 6.7-8).
Advertências
Foge das paixões da mocidade (2Tm 2:22);
Não vos ponhais em jugo desigual com incrédulos e idólatras (2Co 6:14);
E não vos embriagueis com vinho (Ef 5:18);
Filhinhos, guardai- vos dos ídolos (1Jo 5:21).
Tende cuidado, irmãos, jamais aconteça haver em qualquer de vós perverso coração de incredulidade que vos afaste do Deus vivo… que nenhum de vós seja endurecido pelo engano do pecado. Porque nos temos tornado participantes de Cristo, se, de fato, guardarmos firme, até ao fim, a confiança que, desde o princípio, tivemos… não endureçais o vosso coração… (Hebreus 3:12-15).

Postagem em destaque

Uma crítica ao dispensacionalismo

Dispensacionalismo, o que é? O dispensacionalismo é um sistema teológico que ensina que haverá sete dispensações na história huma...