Pular para o conteúdo principal

A heresia do universalismo

No vídeo abaixo, o Pr. Ed René Kivitz diz que, anteriormente, pensava que apenas os cristãos seriam salvos, mas que, agora, está cada vez mais convicto de que toda a raça humana será salva. E que isto, sim, é uma boa notícia e não a pregação que condiciona a salvação ao arrependimento e a fé em Jesus. Para ele a boa notícia é dizer a todos, indistintamente: “você é um filho de Deus. Deus não está irado contra você.”

Universalistas, como Kivitz, pregam a salvação incondicional de toda a raça humana. O ensino de Cristo sobre o caminho estreito e apertado que conduz a salvação e também todos aqueles que dizem respeito ao Juízo Final e a condenação do inferno são descartados numa tentativa de deixar o Evangelho mais digerível e agradável ao paladar da sociedade contemporânea. Do ponto de vista do universalismo, os religiosos e os não religiosos, os crentes e os ateus, os cristãos e os adoradores da Besta, os honestos e os desonestos, os apóstolos e os fariseus a quem Jesus chamou de raça de víboras, até mesmo Hitler, todos, sem exceção, herdarão o Reino do Céus.

Enquanto Jesus diz: "Bem-aventurados os pobres de espírito, porque deles é o reino dos céus", o universalismo diz: "Bem-aventurados os soberbos, porque deles também é o reino dos céus"; enquanto Jesus diz: "Bem-aventurados os limpos de coração, porque eles verão a Deus", o universalismo diz: "Bem-aventurados os impuros de coração, porque eles também verão a Deus"; Enquanto Jesus diz: "Bem-aventurados os que sofrem perseguição por causa da justiça, porque deles é o reino dos céus; (Mt 5:10), o universalismo diz: "Bem-aventurados os corruptos opressores, porque deles também é o reino dos céus; Enquanto Jesus diz: "Vigiai, pois, em todo o tempo, orando, para que sejais havidos por dignos de evitar todas estas coisas que hão de acontecer, e de estar em pé diante do Filho do homem" (Lc 21:36), o universalismo diz: "Não é necessário vigiar para que sejais havidos por dignos de evitar todas estas coisas que hão de acontecer, e de estar em pé diante do Filho do homem, pois todos serão salvos e estarão em pé diante do Filho do homem.

O universalismo torna irrelevante o arrependimento e a fé para a salvação, visto que, segundo este ponto de vista, todos acabarão sendo salvos no final das contas. Torna irrelevante também a pregação do Evangelho e serve de incentivo para a imoralidade.

No entanto, há muitos textos bíblicos ensinando a salvação através da pregação do Evangelho e que haverá um dia de Juízo Final quando se dará a separação entre salvos e perdidos. “Se o nome de alguém não foi encontrado no livro da vida, este foi lançado no lago de fogo” (Ap 20:15). Paulo também fala sobre o Juízo Final: “Contudo, por causa da sua teimosia e do seu coração obstinado, você está acumulando ira contra si mesmo, para o dia da ira de Deus, quando se revelará o seu justo julgamento” (Rm 2:5).

Deus é amor, mas também é justo juiz e fogo consumidor (Hb12.29). Jesus disse que no dia do Juízo Final haverá separação eterna entre salvos e perdidos (Mt 25.31-46). Ele também ensinou que o destino dos perdidos será o inferno: “Se o teu olho direito te faz tropeçar, arranca-o e lança-o de ti; pois te convém que se perca um dos teus membros, e não seja todo o teu corpo lançado no inferno” (Mt 5.29). Jesus também afirmou: “Se alguém não permanecer em mim, será como o ramo que é jogado fora e seca. Tais ramos são apanhados, lançados ao fogo e queimados” (Jo15:6).

Portanto, cuidado com esta perigosíssima heresia.


Bispo José Ildo Swartele de Mello


Vídeo que mostra o Pr. Kivitz ensinando a salvação de toda a raça humana.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Uma exortação para que haja ordem e decência nos cultos

"Tudo, porém, seja feito com decência e ordem" (I Co 14:40)

O Apóstolo Paulo exorta desta maneira a igreja de Corinto que precisava aprender que a ação do Espírito produz ordem e e decência, e não bagunça e confusão. A liberdade do Espírito não é incompatível com a ordem e a decência deste mesmo Espírito, pois "Deus não é Deus de desordem" (1Co 14.33). Portanto, toda desordem no culto não é de procedência divina. Sabedores disto, cabe aos pastores botarem ordem na casa, não permitindo que o culto seja enrolado e descontrolado. Assim como Paulo estabeleceu regras para o bom andamento do culto, devemos nós fazer o mesmo.

Alguns exemplos de coisas que devemos evitar em um culto:

O culto deve ser objetivo, enxuto, sem vãs repetições.

Cada participante deve possuir uma clara consciência da integridade do culto para não invadirmos a área do outro.

Um dirigente de culto e um líder de louvor não devem fazer comentários bíblicos prolongados, visto que já teremos um pregador…

Lições extraídas da história de Mefibosete

Áudio:
Vídeo:
Mefibosete from Ildo Swartele Mello on Vimeo.

Lições extraídas da história de Mefibosete Mefibosete nasceu num "berço de ouro" de um "palácio real", pois era neto do Rei Saul, filho do Príncipe Jônatas (2Sam 4.4). Entretanto, uma tragédia se abateu sobre sua vida quando ele tinha apenas 5 anos de idade. Israel foi derrotado em uma sangrenta batalha. A notícia da morte de Saul e de Jônatas chegaram até a casa real; então, a babá de Mefibosete, temendo que o menino também fosse morto, o toma em seus braços e foge correndo, mas, na pressa, acaba tropeçando e deixando o menino cair. Na queda, Mefibosete despedaça os pés e fica aleijado.

Agora, ele está órfão de pai e mãe. Perdeu a majestade, perdeu a saúde e vive escondido em um humilde povoado na casa de um bom homem chamado Maquir, que foi quem o amparou, adotando-o como filho.

Tais tragédias são frutos da rebeldia do Rei Saul, que plantou ventos e acabou colhendo tempestades devastadoras para a sua …

Qual o significado na Bíblia de Hora Sexta, Hora Nona e Primeira, Segunda. Terceira e Quarta Vigílias?

Dia Primeira hora - iniciava-se às 06 h
Terceira hora  - iniciava-se às 09 h
Sexta hora      - iniciava-se às 12 h
Nona hora      - iniciava-se às 15 h


Noite Primeira vigília - iniciava-se às 18 h
Segunda vigília - iniciava-se às 21 h
Terceira vigília  - iniciava-se às 00 h
Quarta vigília    - iniciava-se às 03 h