Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2016

Jesus reinará em um trono em Jerusalém?

Imagem
Há 61 referências a “trono” no Novo Testamento, 46 estão em Apocalipse. Somente 3 delas dizem respeito a tronos aqui na terra, e estes tronos terrestres pertencem a Satanás e a Besta (Ap 2:13; 13:2; 16:10).

O trono de Deus ou de Cristo é sempre celestial! (Ap 1:4; 3:21; 4:2,4-6, 9-10; 5:1, 6-7,11,13; 06:16; 7:9-11,15,17; 8:3; 12:5; 14:3; 16:17; 19:4-5; 20:4,11-12; 21:3,5; 22:1,3). A ampla maioria de referencias ao trono celestial e sua posição elevada demonstram sua primazia sobre qualquer outro trono. Deus é soberano!

Deus não habita e nem jamais habitará em edifícios ou tronos construídos por mãos humanas: “Todavia, o Altíssimo não habita em casas feitas por homens. Como diz o profeta: ‘O céu é o meu trono, e a terra, o estrado dos meus pés...'"(At 7.48-49 NVI).

Jesus declarou que seu Reino não era deste mundo (Jo 18.36). Jesus está assentado à direita do trono, um lugar de grande honra, e poder (Mc 14:62; Cl 3:1; Hb 8:1; 12:2). Jesus reina hoje e está colocando seus ini…

Apresentação do Salmo 91

Salmo 91

Imagem

Que tal conversarmos um pouco sobre o Reino de Deus?!

Imagem
Que tal conversarmos um pouco sobre o Reino de Deus, afinal, este era o tema preferido de Jesus. Ele falou mais a respeito deste tema do que sobre qualquer outro, principalmente por conta da expectativa dos judeus, que entendiam que o Messias, o Rei prometido, viria para restaurar o reino político de Israel. Jesus precisou explicar a verdadeira natureza de seu Reino, ensinando que o seu reino não era do tipo humano e político: "meu reino não é deste mundo” (Jo 18:36). E dizendo: "não vem o reino de Deus com visível aparência. Nem dirão: Ei-lo aqui! Ou: Lá está! Porque o reino de Deus está dentro de vós” (Lc 17:20).

Jesus venceu a tentação política relativa aos reinos deste mundo (Mt 4:8-9). Disse a Pedro: “Embainha a tua espada” (Mt 26.52), pois seu reino não vem pela via da força e nem por violência (Zc 4:6; Mt 26:52). Jesus optou pela via da cruz, atraindo todos a si pelo seu amor sacrificial ali revelado (Jo 12.32). Veio como um rei manso e humilde (Lc 19 e Zc 9:9), para…

A graça e o dever do perdão

O perdão graciosamente recebido nos deve conduzir ao perdão misericordiosamente oferecido, pois...

“Quando Deus julgar, não terá misericórdia das pessoas que não tiveram misericórdia dos outros. Mas as pessoas que tiveram misericórdia dos outros não serão condenadas no Dia do Juízo Final.” (Tg 2.13 - NTLH cf. Mt 5.7; 9.13; 12.7; 18.23-34; 25.31-46).

Temos ou não temos que mostrar nossas boas obras?

Jesus disse que não devemos exibir nossa justiça diante dos homens (Mt 6:1), mas também disse que devemos deixar nossa luz brilhar diante dos homens através das boas obras (Mt 5:16). E agora? Jesus quer ou não quer que nossas boas obras se tornem notórias? Devemos praticar a caridade de modo privado ou público? Dar esmolas de maneira oculta (6.3) não é o mesmo que esconder a luz debaixo do alqueire (Mt 5.15)? Se a caridade, o jejum e a oração forem sempre praticados em secreto, como serviremos de modelo e inspiração para as demais pessoas?

Quando Jesus diz que devemos esconder nossas boas ações, ele o faz preocupado com a questão do exibicionismo religioso daqueles que buscam glória para si mesmos. Já, quando ele pede para seus discípulos apresentem-se diante do mundo com suas boas ações, ele o faz tendo em mente a timidez que poderia levar os discípulos a agirem de modo retraído, o que seria danoso tanto para a obra de evangelização como também para a glória de Deus. Portanto, não de…

Um contraste entre dois estilos de vida

Imagem
Salmo 1 e Mateus 5-7 Compare o Salmo 1 com o Sermão do Monte (Mt 5-7). Ambos começam com a mesma expressão: “Bem-aventurado”, que significa aquele que é plenamente feliz. Ambos contrastam dois estilos de vida ou dois caminhos que levam a destinos completamente diferentes. (Sl 1.6 e Mt 7:13). Agora, o contraste não é tão aparente assim aos olhos humanos (Sl 73). A pessoa feliz da perspectiva divina nem sempre é a que está sorrindo. Jesus surpreende a todos com sua lista de pessoas bem-aventuradas! (Mt 5.1-11). Há tempo para todo o propósito debaixo do sol. Há tempo também para chorar (Ec 3.1-4). Quem em lágrimas semeia, um dia colherá com alegria (Sl 126.5). Por isto é que Cristo diz que bem-aventurados são os que choram (Mt 5.4). O justo é como árvore plantada junto ao ribeiro e que dá fruto no seu devido tempo (Sl 1.3). É preciso paciência e perseverança para esperar o tempo da colheita (Gl 6.9). Os ímpios não prevalecerão no juízo (Sl 1.5). Pode ser até que prevaleçam no juízo human…

O Reino de Deus

Imagem
Em 06/03/2016 na Igreja Metodista do Jardim Botânico.

O anseio da alma

Davi estava em um deserto, solitário, carente de água, alimento, conforto e de amigos. Mas, mesmo assim, não estava buscando a Deus por estas coisas. Seu anseio maior e mais urgente era o Senhor: "... A minha alma tem sede de ti. Todo o meu ser anseia por ti..." (Sl 63.1). Revela-se aí a primazia de Deus em sua vida. Seu maior anseio, sua maior ambição, sua maior aspiração, seu maior desejo, e o seu melhor amigo e o seu maior amor!


Este anseio por Deus está cada dia mais raro, mesmo entre aqueles que vão a igreja. Pois, a maioria das pessoas que buscam a Deus, o fazem por coisas desta vida. Deus é tratado como um meio para conseguir boas coisas nesta vida.


Idolatria é colocar qualquer coisa no lugar de Deus. Ocupamos nossas vidas com tantas coisas e atividades para, ainda que inconscientemente, preencher o vazio existencial. Certa vez, conversando no ônibus com um homem que estava embriagado, disse: “Este vazio interior que você tenta preencher com a cachaça, só pode ser ve…

ROMANOS 9.20-21 NÃO É BASE PARA A DOUTRINA DA PREDESTINAÇÃO

Romanos 9.20-21 não pode ser usado para defender predestinação incondicional, pois refere-se a passagens do Antigo Testamento que ensinam exatamente o contrário (Jr 18.1-10 e Is 29.16). Tais textos mostram que esse vaso de barro, Israel, tem vontade própria, e, por isto mesmo, foi que acabou se quebrando na mão do oleiro. De outro modo, se estivesse totalmente sujeito ao controle das mãos do grande e perito Oleiro, este vaso jamais se quebraria. Mas, mesmo quebrado, ainda pode ser refeito assim como o ramo cortado pode ser enxertado novamente na Oliveira através do arrependimento e fé (Rm 11.23-32). Pois qualquer nação pode escapar do decreto de condenação de Deus se vier a se converter da sua perversidade: “Se em algum momento eu decretar que uma nação ou um reino seja arrancado, despedaçado e arruinado, e se essa nação que eu adverti converter-se da sua perversidade, então eu me arrependerei e não trarei sobre ela a desgraça que eu tinha planejado.” (Jr 18.6-7).

Confira:

“Mas quem é …

Vencendo a Insônia!

Imagem

Salmo 63

Imagem

Salmo 63

Imagem

De Pastor Para Pastor - Hernandes Dias Lopes

Imagem