O anseio da alma

Davi estava em um deserto, solitário, carente de água, alimento, conforto e de amigos. Mas, mesmo assim, não estava buscando a Deus por estas coisas. Seu anseio maior e mais urgente era o Senhor: "... A minha alma tem sede de ti. Todo o meu ser anseia por ti..." (Sl 63.1). Revela-se aí a primazia de Deus em sua vida. Seu maior anseio, sua maior ambição, sua maior aspiração, seu maior desejo, e o seu melhor amigo e o seu maior amor!


Este anseio por Deus está cada dia mais raro, mesmo entre aqueles que vão a igreja. Pois, a maioria das pessoas que buscam a Deus, o fazem por coisas desta vida. Deus é tratado como um meio para conseguir boas coisas nesta vida.


Idolatria é colocar qualquer coisa no lugar de Deus. Ocupamos nossas vidas com tantas coisas e atividades para, ainda que inconscientemente, preencher o vazio existencial. Certa vez, conversando no ônibus com um homem que estava embriagado, disse: “Este vazio interior que você tenta preencher com a cachaça, só pode ser verdadeiramente preenchido por Deus.“ Ele respondeu: “Jovem, você disse tudo! Um vazio! Um vazio!" E gemeu de dor, não física, mas emocional e espiritual.


Muitas pessoas tem sede de Deus, mas não se apercebem disto, por estarem entorpecidas por uma série de atividades. As atividades da vida, o trabalho, os estudos, os passeios, os prazeres, os jogos, os vícios e as distrações preenchem nosso tempo e acabam sublimando a nossa maior necessidade e sede.


Você tem amado a Deus sobre todas as coisas? Você tem buscado o Reino de Deus em primeiro lugar? Você tem sede de Deus?


Quando você se sentir abandonado e só, carente e sedento, lembre-se de que somente Deus pode satisfazer os anseios mais profundos da alma humana. Fomos feitos por Deus e para Deus, e, somente nele, a nossa alma pode encontrar plena realização. (Sl 63; Cl 1.16; Ct 1.6-7; Mc 8.36; Jo 7.38 e 10.10).


“O teu amor é melhor do que a vida…” (Sl 63.3). A verdadeira vida só é possível através da experiência e reconhecimento do amor de Deus.


Bispo Ildo Mello

Comentários

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Uma exortação para que haja ordem e decência nos cultos

Lições extraídas da história de Mefibosete

A Igreja passa pela Grande Tribulação?