Pular para o conteúdo principal

Uma crítica ao livro de Ed René Kivitz intitulado "O livro mais mal-humorado da Bíblia"



Um contraste entre as poesias de Lulu Santos, Manuel Bandeira e Salomão


Com uma crítica ao "O livro mais mal-humorado da Bíblia" de Ed René Kivitz.


Vejo com grande preocupação a abordagem que o Pr. Ed Kivitz faz de Eclesiastes em seu livro intitulado: "O livro mais mal-humorado da Bíblia", pois, já no primeiro capítulo, ele diz que não precisamos concordar com o autor de Eclesiastes, passando a sugerir que leiamos o livro em suas entrelinhas, o que Kivitz se propõe a fazer contrapondo afirmações clássicas de Eclesiaste tais como "não há nada novo debaixo do sol" com a poesia de Lulu Santos que diz que "nada do que foi será de novo do jeito que já foi um dia". Ou seja, Kivitz se vale de autores populares e até mesmo de um monge budista para contradizer o autor de Eclesiastes. Tudo bem, reconhecer que a Bíblia não encerra em si mesma toda a sabedoria e verdade, mas preferir uma nova versão de Eclesiastes cuja mensagem claramente contradiz a do original é fazer pouco caso das Escrituras Sagradas.


Para piorar a situação, Kivitz afirma que Eclesiastes não é a expressão de um sábio homem de Deus, mas de um homem entediado, de modo que não devemos dar muito crédito a ele, propondo uma releitura de Eclesiastes, na busca de algum valor nas entrelinhas, porque na linhas...


No entanto, Jesus concorda com o que autor de Eclesiastes escreve nas linhas: "Que aproveita ao homem ganhar o mundo todo e perder a sua alma?" (Mc 8.36 Comparar com Ec 1.3). Jesus e Salomão ensinam que as conquistas da vida são inúteis e que não há sentido na vida em si mesma em termos do debaixo do sol, a não ser quando transcendemos para o acima do sol e para o além da vida. O que contraria a seguinte afirmação de Kivitz: "cada ser humano é responsável por atualizar, em sua própria existência, o sentido que a vida tem em si mesma". Bem, me perdoem os f'ãs de Lulu Santos, mas eu prefiro ficar com Jesus e com o autor de Eclesiastes e com Jesus!


Seria Jesus mal humorado por endossar os ensinos de Eclesiastes?


Vejamos algumas lições que podemos tirar a partir de um contrante entre as poesias de Lulu Santos, Manuel Bandeira e Salomão. Veremos convergências e divergências. Qual o sentido da existência humana? Onde encontrar plena realização e felicidade?


Bispo José Ildo Swartele de Mello

Comentários

  1. Toda negação baseada em razões humanas para contradizer a palavra de Deus por se só ja é algo bastante preocupante, em face dessas declarações infundadas no vazio de uma mente intelectualizada e fundido ela numa teologia que te dar brecha para anunciar aquilo que por ventura parece ser verdade mais que não é o autor não tem nada a falar e sendo assim ele chama atenção pra quilo que devemos refletir que é o que salomão nos admoesta pra aquilo que vale a pena é temer o nosso Deus sobre todas as coisas.

    ResponderExcluir
  2. Embora sua análise seja de junho de 2012, somente hoje foi que li sua crítica ao livro. Em que pese todo o seu currículo, peço vênia para discordar e citar uma máxima que gosto muito: "Todo texto, fora do contexto, vira pretexto". Esse é o seu caso. Embora eu não concorde com muita coisa do Pr. Kivitz, tenho que ele não quis dizer o que o Pastor diz em seu blog, nem ousou contradizer Salomão ao citar Lulu Santos e outros. A propósito, Paulo citou muitos poetas gregos, certamente de moral bem duvidosa (assim imagino ao olhar a sociedade grega da época). Fica aqui minha breve crítica à sua crítica. (Daniel Miranda Gomes)

    ResponderExcluir
  3. Nao li o livro ainda baseando na Biblia ,acredito que salomao um que aparentava ter seus 80 e poucos anos enfadado de tanta merda feita como os casamentos interraciais algo que abominou DEus, vemos isso nitidamente em 1 Reis cap 11,chega em determinado ponto da sua vida em que ele mesmo se depara com a sua realidade,promiscua ,entediada,pecaminosa e ao mesmo tempo perplexa no ponto de vista humano.E Nao estamos prontos para o choque de realidade espiritual que nos direciona Deus!!!critica ou nao ,somos todos imperfeitos por isso prescisasmos do ressurreto do paraclitos ,o senhor jesus cristo .

    ResponderExcluir
  4. Nao li o livro ainda baseando na Biblia ,acredito que salomao um que aparentava ter seus 80 e poucos anos enfadado de tanta merda feita como os casamentos interraciais algo que abominou DEus, vemos isso nitidamente em 1 Reis cap 11,chega em determinado ponto da sua vida em que ele mesmo se depara com a sua realidade,promiscua ,entediada,pecaminosa e ao mesmo tempo perplexa no ponto de vista humano.E Nao estamos prontos para o choque de realidade espiritual que nos direciona Deus!!!critica ou nao ,somos todos imperfeitos por isso prescisasmos do ressurreto do paraclitos ,o senhor jesus cristo .

    ResponderExcluir
  5. Nao li o livro ainda baseando na Biblia ,acredito que salomao um que aparentava ter seus 80 e poucos anos enfadado de tanta merda feita como os casamentos interraciais algo que abominou DEus, vemos isso nitidamente em 1 Reis cap 11,chega em determinado ponto da sua vida em que ele mesmo se depara com a sua realidade,promiscua ,entediada,pecaminosa e ao mesmo tempo perplexa no ponto de vista humano.E Nao estamos prontos para o choque de realidade espiritual que nos direciona Deus!!!critica ou nao ,somos todos imperfeitos por isso prescisasmos do ressurreto do paraclitos ,o senhor jesus cristo .

    ResponderExcluir
  6. Nem leram o livro e querem palpitar... Ou será que falta é um cursinho de Língua Portuguesa, para aprenderem interpretar.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Uma exortação para que haja ordem e decência nos cultos

"Tudo, porém, seja feito com decência e ordem" (I Co 14:40)

O Apóstolo Paulo exorta desta maneira a igreja de Corinto que precisava aprender que a ação do Espírito produz ordem e e decência, e não bagunça e confusão. A liberdade do Espírito não é incompatível com a ordem e a decência deste mesmo Espírito, pois "Deus não é Deus de desordem" (1Co 14.33). Portanto, toda desordem no culto não é de procedência divina. Sabedores disto, cabe aos pastores botarem ordem na casa, não permitindo que o culto seja enrolado e descontrolado. Assim como Paulo estabeleceu regras para o bom andamento do culto, devemos nós fazer o mesmo.

Alguns exemplos de coisas que devemos evitar em um culto:

O culto deve ser objetivo, enxuto, sem vãs repetições.

Cada participante deve possuir uma clara consciência da integridade do culto para não invadirmos a área do outro.

Um dirigente de culto e um líder de louvor não devem fazer comentários bíblicos prolongados, visto que já teremos um pregador…

Lições extraídas da história de Mefibosete

Áudio:
Vídeo:
Mefibosete from Ildo Swartele Mello on Vimeo.

Lições extraídas da história de Mefibosete Mefibosete nasceu num "berço de ouro" de um "palácio real", pois era neto do Rei Saul, filho do Príncipe Jônatas (2Sam 4.4). Entretanto, uma tragédia se abateu sobre sua vida quando ele tinha apenas 5 anos de idade. Israel foi derrotado em uma sangrenta batalha. A notícia da morte de Saul e de Jônatas chegaram até a casa real; então, a babá de Mefibosete, temendo que o menino também fosse morto, o toma em seus braços e foge correndo, mas, na pressa, acaba tropeçando e deixando o menino cair. Na queda, Mefibosete despedaça os pés e fica aleijado.

Agora, ele está órfão de pai e mãe. Perdeu a majestade, perdeu a saúde e vive escondido em um humilde povoado na casa de um bom homem chamado Maquir, que foi quem o amparou, adotando-o como filho.

Tais tragédias são frutos da rebeldia do Rei Saul, que plantou ventos e acabou colhendo tempestades devastadoras para a sua …

A Igreja passa pela Grande Tribulação?

IntroduçãoOs pré-tribulacionistas afirmam que Deus não permitirá que a Igreja sofra no período da Grande Tribulação. Mas, não existe nenhum versículo bíblico que ensine que a Igreja não passará pela Grande Tribulação e nada existe também na Bíblia sobre uma Segunda Vinda de Cristo em duas fases ou etapas, separadas por sete anos de Grande Tribulação, e também não há nada sobre um arrebatamento “secreto”, pois não há nada de secreto e silencioso nos relatos que descrevem o arrebatamento da Igreja (1Ts 4.16-17; Mt 24.31). 
Outra incongruência deste ponto de vista é a ideia de um arrebatamento para tirar a Igreja e o Espírito Santo da Terra antes da manifestação do Anticristo. Se este fosse o caso, o Anticristo seria anti o quê? Anticristos são falsos profetas que já atuavam no mundo nos tempos mais primitivos da Igreja. Não devemos confundir Anticristo com a Besta ou Bestas Apocalípticas. Todas as menções ao(s) Anticristo(s) aparecem nas epístolas joaninas e dizem respeito aos hereges o…