A primeira profecia: O Protoevangelium!



"Porei inimizade entre ti e a mulher, entre a tua descendência e o seu descendente. Este te ferirá a cabeça, e tu lhe ferirás o calcanhar.” (Genesis 3:15).



Protoevangelium ou o primeiro evangelho


Temos aqui a primeira profecia, pronunciada ainda no Éden, logo após a Queda humana em pecado e desgraça. Esta profecia fala do amor de Deus, que não desistiu da humanidade e nem a abandonou a sua própria sorte ou azar. Por amor, Deus promete intervir na história humana, promovendo redenção (Jo 3.16). É o primeiro anúncio do Evangelho! Ótima notícia para os filhos de Adão e péssima para Satanás. O triunfo de Satanás no Éden não é definitivo! Deus está dizendo a Satanás: “Pode ir tirando este sorriso dos lábios e o cavalinho da chuva, e bota tua barba de molho, pois a tua hora vai chegar! Há de nascer um homem capaz de te enfrentar e te vencer!” Assim como o pecado e a maldição entrariam no mundo pela derrota de Adão, a redenção humana viria através da vitória de um segundo Adão, Jesus Cristo, que pisará a cabeça da serpente. Cristo veio em cumprimento de uma promessa feita entre os destroços causados pelo pecado de Adão. Nosso pecado pode ser grande, mas como a promessa é maior do que a transgressão, através de grande sacrifício de Cristo, há libertação! (Rm 5.12-21).

Todo o resto da Bíblia flui deste versículo. Eis um resumo de toda Bíblia!

Cristo está presente neste versículo - Natal, Páscoa e Segunda-Vinda:

  1. Seu nascimento (o descendente da mulher)
  2. Sua Cruz (ferido no calcanhar)
  3. Seu triunfo final sobre o Maligno. Paulo estava se referindo a isto quando escreveu: ”E o Deus da paz, em breve, esmagará debaixo dos vossos pés a Satanás…” (Rm 16:20). 
Cristo é o prometido Descendente da mulher que um dia viria para esmagar a cabeça da Serpente. “Porque um menino nos nasceu, um filho se nos deu; o governo está sobre os seus ombros; e o seu nome será:Maravilhoso Conselheiro, Deus Forte, Pai da Eternidade, Príncipe da Paz. “ Is 9.6). “Eis que a virgem conceberá, e dará à luz um filho, E chamá-lo-ão pelo nome de EMANUEL, Que traduzido é: Deus conosco.”(Mt 1.23). “E o Verbo se fez carne e habitou entre nós, cheio de graça e de verdade, e vimos a sua glória, glória como do unigênito do Pai.” (Jo 1.14).

Neste processo redentor, seu "calcanhar" seria ferido, como aconteceu na cruz, pois, ferido de morte, ressuscitou para pisar a cabeça da serpente. Jesus enfrenta a antiga Serpente, que é Satanás, e vence todas as suas tentações (Mc 1.13 e Hb 4.14.15). O único homem verdadeiramente santo e justo, assume a culpa dos pecadores e a sentença de morte que era certa sobre eles (2 Co 5.21; 1 Jo 3.5 e Is 53.4-12). O intento de Satanás de separar a humanidade de Deus foi frustrado (1 Jo 3.8). O véu do templo se rasgou de alto a baixo! (Mc 15.38). Deus, através de Cristo, está reconciliando consigo o mundo! (2 Co 5.19; Rm 5.1). Jesus é o Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo! (Jo 1.29 e 3.17). Nesta guerra contra o Maligno, a grande batalha já foi travada e Jesus saiu-se vencedor! “E, despojando os principados e as potestades, publicamente os expôs ao desprezo, triunfando deles na cruz.” (Cl 2:15). A batalha decisiva já foi ganha e, em Cristo já somos mais do que vencedores! Mas a luta continua. A guerra contra o mal ainda não acabou. Cristo segue lutando contra o mal através do seu Corpo que é a Igreja. “Eis que vos dou poder para pisar serpentes e escorpiões, e toda a força do inimigo, e nada vos fará dano algum.” (Lc 10.19). As portas do inferno não prevalecerão contra a Igreja! (Mt 16.18).

No final, este versículo prediz que Jesus triunfará por completo sobre Satanás. O que acontecerá por ocasião da Batalha Final que culminará com a Segunda-vinda de Cristo, que trará o juízo final contra Satanás. “Marcharam, então, pela superfície da terra e sitiaram o acampamento dos santos e a cidade querida; desceu, porém, fogo do céu e os consumiu. O diabo, o sedutor deles, foi lançado para dentro do lago de fogo e enxofre, onde já se encontram não só a besta como também o falso profeta; e serão atormentados de dia e de noite, pelos séculos dos séculos.” (Ap 20:9-10).

Vídeo desta mensagem: https://youtu.be/Je2Wzii-unA

Bispo José Ildo Swartele de Mello

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Uma exortação para que haja ordem e decência nos cultos

A Igreja passa pela Grande Tribulação?

Lições extraídas da história de Mefibosete