segunda-feira, 5 de novembro de 2012

Vida Devocional na Tradição Wesleyana







Vida Devocional na Tradição Wesleyana



Wesley evitou estes dois extremos: católicos que enfatizavam as tarefas humanas e os luteranos e calvinistas que, por se oporem ao erro católico, acabaram por enfatizar a graça a ponto de negligenciarem as obrigações humanas.

“Porquanto a graça de Deus se manifestou salvadora a todos os homens, educando-nos para que, renegadas a impiedade e as paixões mundanas, vivamos no presente século, sensata, justa e piedosamente” (Tito 2.11-12). Deus nos concede talentos gratuitos que devem ser bem empregados de modo a produzirem os resultados por Deus esperados (Mateus 25). Devemos desenvolver a nossa salvação com temor e tremor. Paulo diz que assim como um atleta treina para ser campeão, devemos nos também ser aplicados nas atividades espirituais visando nosso desenvolvimento espiritual. Nosso crescimento espiritual não se dá a despeito da nossa vontade e dedicação. Devemos crescer na graça e no conhecimento de nosso Senhor.

Wesley dedicava-se com esmero a cinco meios de graça:

1) A Oração

2) A Bíblia

3) A Ceia do Senhor

4) O Jejum

5) Célula onde há edificação espiritual e prestação de contas



Além disto, Wesley entendia que havia muito galardão em atos de serviço e misericórdia, principalmente em favor dos pobres e desfavorecidos.





Conclusão



Renovar – importância da vida devocional individual + social

Benefícios das práticas Wesleyanas

Importância dos meios da graça

Nenhum comentário:

Postar um comentário