domingo, 4 de novembro de 2012

Fala que teu servo ouve




Fala que teu servo ouve


Introdução

1) você é salvo?
2) você foi chamado para o ministério?
Se respondeu sim para a primeira deve também ter respondido sim para a segunda

Efésios 4 ensina que todos foram chamados para o ministério. O ministério do pastor não é fazer tudo, mas capacitar e treinar os membros para que eles possam desempenhar seus ministérios.

Somos todos chamados para servir ao Senhor. Somos servos por excelência! Diaconia significa serviço.

Ser servo não é algo muito popular.

2) O que aprendemos com o chamado do Profeta Samuel?

1) Deus nos chama pelo nome, mas podemos não discernir a voz de Deus
2) Deus usa lideres espirituais para nos ajudar a discernir sua voz
3) Deus fala aos servos que estão dispostos a obedecer
Ouça e obedeça!

3) O exemplo de Cristo: João 13:1-17

Jesus conhecia:
  • Quem ele era  
  • O que ele possuía 
  • De onde ele vinha
  • Qual era a Sua posição
Sabendo que todo o poder lhe era conferido, Jesus toma a atitude humilde de servir e lavar os pés dos discípulos. Ele sabia quem era, e a posição que possuía, aí temos a palavra: "então" que liga quem ele é com o que ele faz!

Quando nossa identidade realmente está em Cristo, servir é nossa resposta natural.

Jesus disse que devemos seguir o seu exemplo!
"Se sabeis estas coisas, bem-aventurados sois se as obedeceis!"


  • Wesley: "Nosso dever é tornar Deus visível para as pessoas"
  • Jesus: Grandeza não é sucesso, prestígio, riqueza e poder, mas é servir com humildade e amor. Jesus define grandeza em Mc 10:43. "O maior é o que serve!"
  • Luther King: "todo mundo pode ser grande pois todos podem servir"
  • Madre Tereza: "Nesta vida não podemos realizar grandes coisas. Podemos apenas fazer pequenas coisas com um grande amor!"     "Sou um pequeno lápis nas mãos de Deus com o propósito de enviar cartas de amor ao mundo."


4) Ilustração pessoal: 


Em Santo André, fui proibido de pregar, de dar a Ceia e só me permitiram fazer visitas. Me realizei nesta tarefa! Grande ministério o da visitação de enfermos e necessitados. Um dos dias mais felizes do meu ministério foi quando fui visitar uma jovem que havia tentado suicidio, saltano do quinto andar de um prédio. Já havia visitado ela no hospital, mas ela estava frustrada por não ter morrido e mais triste ainda por estar incapacitada de tentar de novo, pois seus braços e pernas estavam engessados. Compartilhei o Evangelho, mas sem aparente sucesso. Fui visitá-la, mas o endereço não estava correto. Entrei na favela e comecei a procurar por ela, perguntando se alguem havia visto uma moça entrando com os braços e pernas engessados. Sem sucesso, mas foi aí que uma senhora me chamou para orar em sua casa, pois me viu com a Bíblia. Ministramos a Palavra, ensinamos um corinho para várias crianças que ali estavam e oramos. Subimos uma rua e fomos convidados por outra família para entrar e orar, e depois, mais acima, por uma outra família. Quando descemos a viela, encontramos as crianças na rua cantando alegremente o corinho que havíamos ensinado. Finalmente encontramos o endereço e a moça toda engessada aceitou a Cristo, pediu para ser batizada e experimentou grande ânimo e alegria em sua vida!  
O Apostolo Paulo tinha alegria até mesmo quando era injustamente preso, pois sabia que a Palavra de Deus nunca está aprisionada! Carcereiros se convertiam!  A grandeza das pequenas coisas!


5) Conclusão:

Estamos discernindo a voz e o chamado de Deus?
Estamos dispostos a servir com humildade e alegria?
Qual tem sido a nossa resposta?
Quem gostaria de responder dizendo: ...?

"Fala que o teu servo ouve!"

Nenhum comentário:

Postar um comentário