Bênçãos Condicionais




Existem bênçãos gerais que Deus derrama sobre todas as pessoas indistintamente. O sol nasce para todos e a chuva também cai indiscriminadamente sobre justos e injustos (Mt 5.45). Mas existem bênçãos que só o fiel usufrui. Pois a grande maioria das promessas possuem requerimentos. Orar com fé, por exemplo, é um requerimento importante, pois quem busca, encontra, e quem pede, recebe (Lc 11.9); "pedi e recebereis" (Jo 16.24)! "Você não tem porque não pede" (Tg 4.2,3). Pedir bem também é um requerimento: "você pede e não recebe porque pede mal, para esbanjar nos seus deleites e prazeres" (Tg 4.2,3 cf. Jo 15.7). Devemos pedir de acordo com a vontade de Deus (1Jo 5.14).

Tem planos e promessas de Deus que só se cumprirão em nossas vidas quando nós dermos ouvidos a Palavra de Deus. A felicidade não está em conhecer a vontade de Deus, mas em praticá-la (Jo 13.17). No Salmo 81, Deus revela seus planos de bênçãos para o seu povo, mas lamenta muito a dureza do coração daquele povo que faz pouco caso da Palavra de Deus (v.13). Os braços de Deus estão estendidos para abençoar, mas o pecado acaba separando o homem de Deus e de suas dádivas (Is 59.1,2). "Se tão somente você me escutasse, ó Israel" (Sl 81.8b)! Devido a obstinação do coração humano, Deus entrega os homens a sua própria sorte. O Pai deixa que o Filho Pródigo siga o seu próprio caminho de modo a arcar com as conseqüências de suas escolhas (Lc 15).

Duro castigo este de sermos entregues a nós mesmos (Sl 81.12). Somos muito prejudicados quando não obedecemos a Deus (Sl 81.11). Quanta derrota, quanto sofrimento e quanta frustração poderiam ter sido evitados e quantas bênçãos seriam desfrutadas se tão somente déssemos ouvidos as orientações de nosso amoroso Pai Celestial (Sl 81.13-16).

Bispo Ildo Mello
www.escatologiacrista.blogspot.com.br

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Uma exortação para que haja ordem e decência nos cultos

A Igreja passa pela Grande Tribulação?

Lições extraídas da história de Mefibosete