Pular para o conteúdo principal

Uma consideração sobre a doutrina da Trindade

A Bíblia ensina a existência de um único Deus (Deuteronômio 6.4; Isaías 45.22; 1 Timóteo 1.17). Só Deus é Senhor, só Ele é Criador e só Ele deve ser adorado. Deus disse que não repartiria sua glória com nenhum outro (Isaías 42.8). Daí, temos que Jesus é igualmente denominado Senhor, Criador e também é adorado (João 1.1-3; 9.38; 20.28). Jesus também afirma ter poder para perdoar pecados, ressuscitar os mortos e que será o juiz de todos no dia final, atribuições destinadas única e tão somente a Deus. Além de tudo isto, Jesus é também claramente chamado de Deus verdadeiro e todo poderoso por seus Apóstolos em distintas passagens do Novo Testamento (1 João 5:20; Isaías 9:6; João 1.1-3; 9.38; 20.28; Apocalipse 1.8; Hebreus 1.1-8; Colossenses 1.15-20).

Se concordamos com o ensino bíblico de que Jesus é Deus e de que existe apenas um único Deus, teremos apenas duas saídas: Jesus e o Pai são a mesma pessoa ou são duas pessoas distintas pertencentes a mesma divindade. Ora, seria Jesus uma encarnação do Pai? Bem, existem várias passagens que impedem tal conclusão, pois Jesus e o Pai interagem entre si de muitas maneiras, conversando um com o outro, sentando-se lado a lado, um amando e honrado ao outro, etc. (Mateus 27.46; Lucas 9.35; João 8.54; 1 Pedro 3.22; Hebreus 10.12; Atos 7.55). 


Ficamos, portanto, diante de um impasse misterioso. Como é que Jesus pode estar com Deus e ao mesmo tempo ser Deus? (João 1.1). Começa aí a doutrina da Trindade, pois o Espírito Santo também é descrito como um ser pessoal que partilha de atributos puramente divinos (Atos 5:3-4; 1 João 5:7; Hebreus 9.14; Romanos 8.2,11; Salmo 139:7; 1 Coríntios 2.10; 12.11; Jó 33.4 e Gênesis 1.-3). O Espírito Santo está associado ao Pai e ao Filho em condição de igualdade (Mateus 28.19 e 2 Coríntios 13:14).

A mente humana não é capaz de compreender a natureza divina, mas temos a promessa de um dia sermos capazes de conhecer a Deus como Ele realmente é! "Amados, agora somos filhos de Deus, e ainda não é manifestado o que havemos de ser. Mas sabemos que, quando ele se manifestar, seremos semelhantes a ele; porque assim como é o veremos"(1 João 3:2, cf. 1 Coríntios 13.13).

Bispo José Ildo Swartele de Mello

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Uma exortação para que haja ordem e decência nos cultos

"Tudo, porém, seja feito com decência e ordem" (I Co 14:40)

O Apóstolo Paulo exorta desta maneira a igreja de Corinto que precisava aprender que a ação do Espírito produz ordem e e decência, e não bagunça e confusão. A liberdade do Espírito não é incompatível com a ordem e a decência deste mesmo Espírito, pois "Deus não é Deus de desordem" (1Co 14.33). Portanto, toda desordem no culto não é de procedência divina. Sabedores disto, cabe aos pastores botarem ordem na casa, não permitindo que o culto seja enrolado e descontrolado. Assim como Paulo estabeleceu regras para o bom andamento do culto, devemos nós fazer o mesmo.

Alguns exemplos de coisas que devemos evitar em um culto:

O culto deve ser objetivo, enxuto, sem vãs repetições.

Cada participante deve possuir uma clara consciência da integridade do culto para não invadirmos a área do outro.

Um dirigente de culto e um líder de louvor não devem fazer comentários bíblicos prolongados, visto que já teremos um pregador…

Lições extraídas da história de Mefibosete

Áudio:
Vídeo:
Mefibosete from Ildo Swartele Mello on Vimeo.

Lições extraídas da história de Mefibosete Mefibosete nasceu num "berço de ouro" de um "palácio real", pois era neto do Rei Saul, filho do Príncipe Jônatas (2Sam 4.4). Entretanto, uma tragédia se abateu sobre sua vida quando ele tinha apenas 5 anos de idade. Israel foi derrotado em uma sangrenta batalha. A notícia da morte de Saul e de Jônatas chegaram até a casa real; então, a babá de Mefibosete, temendo que o menino também fosse morto, o toma em seus braços e foge correndo, mas, na pressa, acaba tropeçando e deixando o menino cair. Na queda, Mefibosete despedaça os pés e fica aleijado.

Agora, ele está órfão de pai e mãe. Perdeu a majestade, perdeu a saúde e vive escondido em um humilde povoado na casa de um bom homem chamado Maquir, que foi quem o amparou, adotando-o como filho.

Tais tragédias são frutos da rebeldia do Rei Saul, que plantou ventos e acabou colhendo tempestades devastadoras para a sua …

Qual o significado na Bíblia de Hora Sexta, Hora Nona e Primeira, Segunda. Terceira e Quarta Vigílias?

Dia Primeira hora - iniciava-se às 06 h
Terceira hora  - iniciava-se às 09 h
Sexta hora      - iniciava-se às 12 h
Nona hora      - iniciava-se às 15 h


Noite Primeira vigília - iniciava-se às 18 h
Segunda vigília - iniciava-se às 21 h
Terceira vigília  - iniciava-se às 00 h
Quarta vigília    - iniciava-se às 03 h