Questões para os pré-milenistas

Questões para os pré-milenistas

Comentários

  1. Caro Ildo,
    Lendo suas perguntas, surgiu-me uma outra: Se você afirma em textos neste blog, que a passagem da Igreja pelo crivo do "homem da iniquidade", manifesta a identidade dela com o sofrimento de Jesus, e que, a preposição "EK", é traduzida por "do"meio. Como explicar o fato, de que não haja por parte do Cristo, nem de ninguém nenhuma atitude para "guardar" a Igreja da referida tribulação. E só no final desta (G.T), quando Cristo é recepcionado pelo anticristo, na última ação deste, e, no momento da manifestação da 2a vinda, quando Cristo reagirá ao avanço do anticristo, da besta e do falso profeta e seus seguidores contra ele, vencendo-os, conforme Ap. 19.19: E vi a besta e os reis da terra, com os seus exércitos, congregados para pelejarem contra aquele que estava montado no cavalo e contra o seu exército; de modo, que ele não a livrará, mas, a tribulação cumpre todos os seus 1260 dias, encerrando-se, para dar inicio ao Governo do Cristo. Dito isto, de que outro modo a Igreja seria livre da hora, ou na hora e/ou do meio, se durante ela (G.T), ninguém se livra?

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Uma exortação para que haja ordem e decência nos cultos

Lições extraídas da história de Mefibosete

A Igreja passa pela Grande Tribulação?