sábado, 24 de agosto de 2013

Oração é realidade!

"Aqueles que oram não só têm rosto melhor, têm vida melhor atrás de seu rosto - têm mais vigor, mais pureza, mais paz, mais equilíbrio.

'No falar com Deus
Não se perde nenhum sopro - Fale!
No andar com Deus
Não se perde energia alguma - Ande!
No esperar em Deus
Não se perde tempo - Espere!'"

(Quando orar como Jesus orou - Stanley Jones - No Cenáculo - 3a. Edição - páginas 9 e 10)

quinta-feira, 22 de agosto de 2013

Quer ser feliz? Então...

"Agora que vocês sabem estas coisas, felizes serão se as praticarem.” (João 13.17)

A felicidade não está no conhecimento da Palavra de Deus, mas na obediência e prática do ensino de Cristo. Assim como o Verbo se fez carne e habitou entre nós, assim também devemos encarnar a Palavra de Deus, vivenciando-a em nosso cotidiano (Jo 1.14).

Jesus comparou os que ouvem, mas não obedecem as suas palavras aos que constroem suas casas sobre a areia. Tais projetos de vida estão fadados ao fracasso. Mas, felizes serão todos os que, prudentemente, edificarem suas casas sobre o sólido fundamento da obediência (Mt 724-27). E Tiago igualmente exorta: "Sejam praticantes da palavra, e não apenas ouvintes, enganando-se a si mesmos" (Tg 1.22).

Quer ser feliz? Então, obedeça a Deus, pois a verdadeira felicidade passa pela obediência.


No amor do Senhor,
Bispo Ildo Mello

segunda-feira, 19 de agosto de 2013

Não tenha medo, Jesus está vivo!



Chegada, pois, a tarde daquele dia, o primeiro da semana, e cerradas as portas onde os discípulos, com medo dos judeus, se tinham ajuntado, chegou Jesus, e pôs-se no meio, e disse-lhes: Paz seja convosco. (João 20:19)

Por que estais perturbados, e por que sobem tais pensamentos aos vossos corações? (Lucas 24:38)

Não se turbe o vosso coração; credes em Deus, crede também em mim. (João 14:1)

Deixo-vos a paz, a minha paz vos dou; não vo-la dou como o mundo a dá. Não se turbe o vosso coração, nem se atemorize. (João 14:27)
 

4 encontros com Cristo no Cenáculo


1. O cenáculo e a cruz
2. O cenáculo e a ressurreição
3. O cenáculo e Tomé
4. O cenáculo e o derramamento do Espírito Santo

E quando cenáculo tremeu!

Baseado em João 20:19-23.

Jesus lhes disse: "Por que vocês estão perturbados e por que se levantam dúvidas em seus corações? (Lucas 24.38)

Não se turbe o vosso coração; credes em Deus, crede também em mim. (João 14:1)

Deixo-vos a paz, a minha paz vos dou; não vo-la dou como o mundo a dá. Não se turbe o vosso coração, nem se atemorize. (João 14:27)

sexta-feira, 16 de agosto de 2013

Programa Vejam Só debatendo: Qual a importância de conhecermos a hierarquia dos Anjos e demônios?



Programa Vejam Só exibido em 15/08/13
Qual a importância de conhecermos a hierarquia dos Anjos e demônios?
Convidados:
Bp. JOSÉ ILDO MELLO
Presidente Nacional da Igreja Metodista Livre/ Capelão da FTML
escatologiacrista.blogspot.com.br E-mail: ildomello@gmail.com
Pr. ROGÉRIO MARUCCI
Comunidade Cristã Worship
Site: www.comunidadecristaworship.com.br
E-mail: rogermarucci@yahoo.com

quarta-feira, 14 de agosto de 2013

Livre-arbítrio e a verdadeira adoração

Os anjos, assim como os seres humanos, foram dotados do dom do livre-arbítrio. Sabemos que os anjos adoram a Deus. E uma verdadeira adoração pressupõe verdadeiro amor. E só pode haver verdadeiro relacionamento de amor se houver liberdade para não amar. De outro modo, as expressões de amor seriam totalmente artificiais ou "robotizadas". Deus não criou o mal. O mal surge do mau uso da liberdade angelical e humana. Tal liberdade é uma coisa muito boa, mas, ao mesmo tempo, perigosa. Deus sabia dos riscos, mas escolheu criar seres livres a fim de buscar verdadeiros adoradores que o adorem em Espírito e em Verdade!

Expiação

A justiça de Deus é plenamente satisfeita através do sacrifício de Jesus. O sangue de Jesus derramado em favor de todos os homens é a única base de salvação. O propósito da encarnação está em que o Filho, que é o Logos do Criador, o verdadeiro e eterno Deus, composto da mesma substância do Pai, tomou a natureza humana no ventre da virgem, de modo que duas naturezas perfeitas e completas, isto é, a divina e a humana, se uniram em uma só pessoa, para nunca mais se separarem, das quais resultou Cristo, verdadeiro Deus e verdadeiro homem, que realmente sofreu, foi crucificado, morto e sepultado, para nos reconciliar com o Pai, e para ser um sacrifício, não só pela culpa original, mas também pelos pecados atuais dos homens. "Ele é a propiciação pelos nossos pecados, e não somente pelos nossos, mas também pelos pecados de todo o mundo" (1 João 2:2).

A expiação é universal. Isso não significa que toda a humanidade será incondicionalmente salva, mas que a oferta sacrificial de Cristo satisfez as exigências da lei divina e tornou a salvação uma possibilidade para todos. Pois, Deus, "nosso Salvador, deseja que todos os homens sejam salvos e cheguem ao conhecimento da verdade. Pois há um só Deus e um só mediador entre Deus e os homens: o homem Cristo Jesus, o qual se entregou a si mesmo como resgate por todos" (1 Timóteo 2:3-6). E a condição está em que recebamos com fé a dádiva gratuita da salvação (João 3.16 e Efésios 2.8-9). "Se você confessar com a sua boca que Jesus é Senhor e crer em seu coração que Deus o ressuscitou dentre os mortos, será salvo" (Romanos 10:9). E "todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo" (Romanos 10:13-14). Eis o convite de Deus a todos os homens: "Quem tiver sede, venha; e quem quiser, beba de graça da água da vida" (Apocalipse 22:17).

Baseado na leitura que fiz esta manhã da Teologia Cristã de H. Orton Wiley: Christian Theology - Chapter 24: http://wesley.nnu.edu/other-theologians/henry-orton-wiley/h-orton-wiley-christian-theology-chapter-24/

segunda-feira, 5 de agosto de 2013

Se Deus é onipotente e bom, por que existe o mal no mundo?



Se Deus é onipotente e bom, por que existe o mal no mundo?

O calvinismo não oferece uma resposta satisfatória a esta importante questão, pois seu conceito determinista faz de Deus a causa primária de todos os males. Esta mensagem apresenta o ponto de vista arminiano que responde esta pergunta fazendo jus ao caráter amoroso de Deus revelado em Cristo Jesus.

Esta mensagem trata também da questão do livre-arbítrio, graça preveniente e sobre como a graça salvadora se manifesta de modo resistível.

https://soundcloud.com/bispoildo/se-deus-onipotente-e-bom-por