quinta-feira, 30 de setembro de 2010

Bispo Ildo participará do Programa "Vejam Só", hoje, às 21h20, na RIT

Bispo Ildo participará do Programa Vejam Só, hoje, às 21h20
Debatendo o tema: Pastores e cristãos com o nome no SERASA e SPC. Por que ninguém se importa com esse mau testemunho? 


Programa Vejam Só
Como sintonizar a RIT = http://www.rittv.com.br/institucional/
Link para assistir via internet: http://www.rittv.com.br/webcast/index.php

sábado, 25 de setembro de 2010

Zaqueu, encontrando a razão de viver



Baseado em Lucas 19.1-10

Zaqueu buscou felicidade acumulando riquezas, mas insatisfeito, ansiava por algo que realmente pudesse preencher seu vazio existencial. Ouvindo falar de Jesus, foi procurá-lo, mas deparou-se com uma multidão entre ele e Jesus. Uma multidão de coisas e pessoas costumam se interpor no caminho daqueles que desejam encontrar e seguir a Jesus. Além disto, temos de superar obstáculos internos, íntimos e pessoais, como preconceitos, incredulidade e apego as coisas mundanas, representados ali pela pequena estatura de Zaqueu, que dificultava ainda mais que ele pudesse ao menos avistar a Jesus no meio daquela multidão. Diantes de tais obstáculos, Zaqueu não recuou, antes, correu adiante, buscou ajuda, encontrou uma árvore e nela subiu para avistar a Jesus. Ele encontrou uma boa árvore! Pois Jesus passaria exatamente por debaixo dela. Se é fato que existe uma multidão servindo de obstáculo, é certo também que Deus coloca uma árvore para nos socorrer! Uma igreja, um crente fiel que nos ajuda a encontrar a Jesus!

Jesus parou debaixo daquela árvore para dar atenção a Zaqueu. Ele pára para você também. Jesus se importa! Ele olhou para cima e viu a Zaqueu. Jesus também olha para você. Ele vê o seu estado. Ele quer ajudar!

O mais impressionante para Zaqueu, foi quando Jesus o chamou pelo próprio nome. Eles nunca haviam sido apresentados antes. Isto revela a onisciência de Cristo. Jesus sabe tudo a nosso respeito. Ele é o nosso Criador! Jesus fala com Zaqueu com autoridade e intimidade. Zaqueu reconhece a voz do Bom Pastor e obedece de bom grado. Zaqueu leva Jesus para sua casa.

Os legalistas quando viram Jesus entrando na casa de Zaqueu começaram a criticá-lo, pois Zaqueu era um pecador contumaz. Mas Jesus veio buscar e salvar os pecadores, pois são os enfermos que precisam de médico. Enquanto a crítica corria solta fora da casa, lá dentro, Zaqueu dava provas de ser uma pessoa mudada. Arrependido, decide partilhar metade de seus bens com os pobres e também se propõe a restituir a todas as pessoas que ele havia prejudicado quatro vezes mais do que havia sido "roubado". Reconciliado com Deus, Zaqueu está agora também reconciliando-se com seus próximos. Jesus lhe confere uma nova vida. Ele tem um futuro novo pela frente, mas também está preocupado em reconciliar-se com o seu passado. O encontro com Cristo produziu efeitos extraordinários na vida de Zaqueu.

Jesus continua vivo e poderoso para transformar vidas.

Jesus está passando... "Buscai ao Senhor enquanto se pode achar, invocai-o enquanto está perto" (Is 55.6).



Bispo José Ildo Swartele de Mello

www.metodistalivre.org.br

www.imeldemirandopolis.blogspot.com

www.escatologiacrista.blogspot.com

http://www.scribd.com/ildomello

http://twitter.com/ildomello

sexta-feira, 24 de setembro de 2010

A Libertação do Endemoniado Gadareno (Marcos 5:1-20)



Vídeo da Mensagem relatando a libertação do Endemoniado Gadareno

A Libertação do Endemoniado Gadareno (Marcos 5:1-20)
Mensagem do Bispo José Ildo Swartele de Mello

Vemos neste episódio, um claro contraste entre a obra do demônio e a de Deus. O que nos faz lembrar das palavras de Jesus registradas em João 10.10 "o ladrão não vem senão para matar, roubar e destruir; mas eu vim para que vocês tenham vida e a tenham com abundância". O Diabo é esperto para cativar e ludibriar as pessoas, apresentando uma série de atrativos que têm, por objetivo último, o de matar, roubar e destruir. Tudo o que ele oferece termina em inferno. O Gadareno não nasceu endemoniado. Ele foi uma pessoa como outra qualquer. Ele até mesmo tinha mulheres e filhos (v.19). Mas a Bíblia adverte: "Não deis lugar ao Diabo" (Ef 4.27). As pessoas podem se afundar no pecado até ao ponto de se verem totalmente dominadas pelo mal. Eis aí o retrato mais grotesco do que os demônios pretendem fazer com os seres humanos. Dominado e derrotado pelo mal, aquele gadareno não habitava mais em casa, mas em um cemitério (v.3), e era impelido pelos demônios para a solidão do deserto (Lc 8.29). Tornou-se um ser anti-social e violento (v.4), vivendo inquieto e ansioso, andando de um lado para o outro numa angústia sem tréguas (v.5). Ele passou a não apreciar e nem a valorizar mais a própria vida. Perdeu o pudor e, sem nenhum respeito próprio, andava sem roupas (Lc 8.27). Com um espírito autodestrutivo, feria-se a com pedras (v.5).

Este é um quadro chocante, mas devemos saber que o adversário tem estratégias diferentes para atingir pessoas diferentes. Geralmente ele é mais sutil. Quantos não ficam surpresos consigo mesmos ao serem tomados pelo ódio, rancor, chegando mesmo a agirem com assustadora violência? Quantos não estão também estressados e angustiados sem conseguir descansar direito? Quantos não estão perdendo o pudor. Por exemplo, o que acontece em certos bailes funk. Onde foi parar a dignidade humana? E quantos não estão também experimentando uma grande solidão? Mesmo em meio a multidão, sentem-se como um Robson Crusoé. Não tem amigos em quem possam confiar. Feridos e traumatizados, desenvolveram verdadeiras couraças que servem de barreiras para o desenvolvimento de saudáveis relacionamentos interpessoais. Estão, de fato, sem perceber, sendo impelidos para o deserto.

Mas a boa notícia é de que há esperança, mesmo para alguém tão arruinado como era o caso do endemoniado gadareno. Jesus o libertou! De modo que, agora, ele podia ser visto assentado tranquilamente na comunhão de Jesus e de seus discípulos (v.15). Sinal de que estava apto a voltar ao convívio social. E não se encontrava mais nu, pois estava agora vestido (v.15)! Recobrou sua honra e dignidade! E já não mais gritava e agia como um louco, pois havia recuperado o bom senso (v.15). Além destas três coisas maravilhosas, outra é que ele agora encontrou razão e motivação para viver (Mc 5.18). Queria seguir o Mestre! Desejava tornar-se um missionário! Pretendia ir para terras distantes, mas Jesus orienta-o a primeiramente retornar para sua família. Pois missões começa em casa (v.19 e At 1.8)! Jesus promove a restauração do lar! Ao mesmo tempo, Jesus está deixando um missionário em Decápolis (v.20)! Uma testemunha do seu poder libertador! Sinal de sua compaixão até mesmo por aqueles que se mostram hostis a ele.

Como o processo de libertação daquele homem implicou no sacrifício de dois mil porcos (v.13), o povo dali acabou expulsando a Jesus da região (v. 17), pois possuíam um sistema de valores onde porcos valem mais que os humanos. Jesus representava uma ameaça aos porcos daquele povo. Vemos aí que não só aquele individuo, mas também o próprio povo também estava dominado por distintas legiões, como a daqueles porcos que representam seu egoísmo materialista, e eram também dominados literalmente por uma legião do Exército Romano que ocupava a cidade. Aquele povo há séculos vinha sendo dominado e oprimido por uma sucessão de nações estrangeiras. E por fim, entendemos que aquele povo também era dominado por demônios de toda espécie que buscavam afastar as pessoas da vida abundante e impedir o seu progresso em direção a Deus.

E quanto a nós? Existe algo que impede nossa caminhada cristã, que atrapalha nossos relacionamentos, que nos perturba e oprime ou que nos domina e escraviza? Existe algo que amamos mais do que a Deus? Onde está o nosso tesouro? “Porque onde estiver o vosso tesouro, aí estará também o vosso coração” (Mt 6:19-21). “Não podeis servir a dois senhores” (Mt 6.24). É tão triste constatar que “a luz veio ao mundo, mas os homens amaram mais as trevas” (João 3.20). Mas Jesus veio para desfazer as obras do Diabo (1Jo 3.8) e quer conceder a você uma vida abundante e significativa (Jo 10.10). Entregue-se sem reservas ao Senhor da Vida!

Bispo José Ildo Swartele de Mello

A Libertação do Endemoniado Gadareno

terça-feira, 14 de setembro de 2010

Carta de DEUS para você ( Fathers Love Letter ) Portugues


Recomendo a todos que assistam a este maravilhoso vídeo a fim de que possam experimentar um pouco da magnitude do amor de Deus por você e cada uma de suas criaturas.

segunda-feira, 13 de setembro de 2010

Orando com o auxílio do Espírito



Vídeo da Mensagem abordando o tema da oração.
Orar é conversar com a pessoa mais importante do mundo, o ser mais poderoso do Universo. Quando oramos contamos com a ajuda e mediação de Cristo e do Espírito Santo que intercedem por nós com compaixão. Através da oração encontramos socorro, graça e misericórdia. Baseado em Hebreus 4.14-16.